Botafogo x Atlético-MG: Central do Apito vê erro de arbitragem em gol anulado de Galo; veja o lance

Raphael Claus marca um objetivo na escolha de campo, porém desiste do lance após não ver uma punição em Ademir e demonstrar uma situação imprevisível por parte do Keno; observador discorda da indicação do árbitroEra o último lance do jogo. O Atlético-MG venceu o Botafogo por 1 a 0. Nos acréscimos, um objetivo do Galo foi negado após vistoria do VAR em Nilton Santos. Atlético descansa cabeça do brasileiro, porém intensifica o caso com a afirmação. Raphael Claus abandonou o objetivo subsequente, marcando impedimento para Keno. , e acertar a viagem. No rebote, Ademir se enrosca no zagueiro, é derrubado, e a bola sobra para Keno, livre, marcar.
Claus destacou o meio-campo, afirmando o objetivo posterior do Atlético. Seja como for, o VAR acionou o dono do apito. Ademir não foi impedido. No entanto, havia o exame de questão concebível em cima disso. Claus não considerou. Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci discordou da escolha da assertiva. O investigador expressou que Ademir sofreu uma punição. Ao final do dia, o objetivo deve ser dissolvido, porém com a cobrança na marca do Atlético. . Seco Palmeiras, com 30 vagas, que de qualquer forma pegará Cuiabá nesta segunda-feira. O triunfo contra o Botafogo, magro, alivia a tensão sobre Antonio Mohamed. Seja como for, não diminui a advertência do título do Galo contra a discrição.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *