Brasil recebe o presidente português no dia da independência

Após a chegada do presidente brasileiro Jair Bolsonaro ao Palácio Presidencial, ele foi recebido por dezenas de apoiadores que participaram das comemorações patrióticas que marcaram o 200º aniversário do país. As comemorações foram organizadas por Bolsonaro antes das eleições de 2 de outubro, nas quais ele concorrerá à reeleição.

Em outro simbolismo neste dia, Bolsonaro também recebeu o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa como convidado de honra do estado.

Por seu lado, Rebelo de Sousa disse aos jornalistas locais que a relação entre Portugal e Brasil é “sempre boa e excepcional”.

O encontro e a celebração aconteceram na chamada Esplanada dos Ministérios, avenida que reúne todos os prédios do estado.

Um desfile civil-militar com cerca de 40.000 espectadores ocorreu ao longo da avenida de dois quilômetros de extensão.

A independência do Brasil de Portugal foi concedida em 7 de setembro de 1822 pelo filho do rei João VI. de Bragança, Dom Pedro I, que havia chegado com sua família ao litoral brasileiro em 1808 para fugir dos exércitos napoleônicos que avançavam para a Europa.

Em 1808 Brasil e Inglaterra dobraram seu comércio e então assinaram o Tratado Anglo-Brasileiro (1810) que impôs tarifas mais altas sobre as importações portuguesas.

No início de 1822, a promessa de Don Pedro de permanecer no país foi confirmada com o conhecido “Eu fico”. Em viagem a São Paulo, declarou independência ao receber notícias de que Portugal queria acabar com a autonomia do Brasil.

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.