Club Brugge demite técnico apesar de campanha na Liga dos Campeões

O CEO Vincent Mannaert elogiou o ex-zagueiro internacional belga como um “homem do clube por completo”.

“Seu papel na bem-sucedida campanha da Liga dos Campeões nesta temporada não deve ser subestimado”, disse o comunicado.

Mas Mannaert disse que “nossas decisões no verão passado não trouxeram o nível de jogo e os resultados que queríamos na liga e na Copa da Bélgica”.

Hoefkens, de 44 anos, foi uma escolha surpresa quando foi nomeado técnico principal em maio, após três anos como assistente técnico.

Em sua curta gestão, ele levou o Club Brugge às oitavas de final da Liga dos Campeões pela primeira vez em sua história.

A equipe se classificou em segundo lugar em seu grupo após vitórias impressionantes sobre Bayer Leverkusen, Porto e Atlético de Madrid.

Mas desempenhos decepcionantes na primeira divisão da Bélgica fizeram com que o atual campeão ficasse 12 pontos atrás do líder Genk, em quarto lugar.

A equipe também foi eliminada da Copa da Bélgica na semana passada pelo Sint-Truiden por 4 a 1.

O Club Brugge disse que está “trabalhando agora no melhor sucessor possível”.

O clube terá um novo técnico antes da temporada da Liga dos Campeões recomeçar com um empate contra o Benfica de Portugal em 15 de fevereiro.

O Club Brugge teve grande sucesso nacional e crescente influência financeira nos últimos anos, vencendo a liga profissional belga em cinco das últimas sete temporadas.

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *