Como tranquilizar seu animal de estimação ao viajar

Para muitos é impensável viajar sem cachorro ou gato, mas para os animais que mal entendem o que está acontecendo, viajar pode ser muito cansativo. Para garantir que a viagem seja agradável tanto para o dono quanto para o animal, algumas dicas devem ser observadas. Antes da viagem, deve-se levar em consideração a necessidade de levar seu animal de estimação. Se for por um curto período de tempo, pode haver a opção de deixar seu animal de estimação com um amigo ou familiar para evitar o estresse da viagem, embora o animal e o dono possam sentir falta um do outro. Se você não pode deixar seu melhor amigo com alguém, aqui estão algumas dicas para levar seu animal de estimação em uma viagem.

Antes da viagem

A primeira coisa que você precisa ter certeza é que você tem uma caixa de transporte para seu animal de estimação, que se tornará um local seguro para o cão ou gato ou outro animal que será transportado nele. Tornar o usuário um lugar positivo não é tão difícil quanto parece. Deixe a caixa de transporte no local preferido do seu animal de estimação com as portas abertas. Coloque brinquedos, seu cobertor favorito ou até mesmo um pedaço de sua própria roupa dentro, para que o animal associe a transportadora com a tranquilidade de seu dono.

Com o ajuste gradual da caixa de transporte, é aconselhável uma visita ao veterinário. Conhecer a saúde do animal é importante para que tudo saia conforme o planejado ao final da viagem. Um animal enfraquecido pode piorar sua condição de saúde ao ser exposto a uma jornada estressante. Mesmo com um animal saudável, é importante ir ao veterinário para atualizar as vacinas do animal, pois as companhias aéreas podem exigir que o animal embarque com o calendário vacinal completo em caso de voo.

Evite alimentar seu animal de estimação antes da viagem, pois os animais de estimação também podem adoecer durante a viagem e o estômago cheio pode levar a acidentes.

Durante a excursão

Para gatos, você deve levar uma caixa de areia improvisada com você durante a viagem, pois se a viagem for longa, espera-se que o animal atenda às suas necessidades fisiológicas. No caso de um cão, não se esqueça de levar um saco para recolher a areia, o que o cão pode fazer numa das paragens num local conveniente. Claro, as escalas só são possíveis quando se viaja de carro, mas continue lendo para algumas dicas para viajar com animais de estimação no transporte público. Também é importante dirigir com calma no carro para acalmar o animal, e não é aconselhável tirar os gatos de suas transportadoras, pois sua curiosidade pode levar a situações perigosas.

Viajar em transporte público pode ser mais complicado tanto para o dono quanto para o animal. Além de não conseguir tirar o bichinho da caixa de transporte, os sons da caixa de transporte podem desencadear alguns gatilhos emocionais em seu animal de estimação. Por isso, é importante tentar manter seu melhor amigo quieto, usando a voz ou até cobrindo o portador com um cobertor para que o campo de visão fique mais distante.


Ao viajar de avião, é melhor verificar todos os parâmetros com a companhia aérea para evitar constrangimentos ao embarcar. É importante informar-se sobre os regulamentos da companhia aérea, pois em certos casos, dependendo das dimensões da transportadora, o animal pode permanecer na cabine e não no porão desacompanhado de seu proprietário. Se a viagem tiver de ser realizada no porão, certifique-se de que o porta-bagagens está o mais seguro possível, certificando-se de que está devidamente fechado. Você pode colocar um pano absorvente na base caso o animal se alivie durante o passeio. Ao viajar de avião, seu animal de estimação deve ter água disponível por motivos ambientais, pois pode ficar desidratado.

ajuda extra

Viajar com animais pode ser estressante, mas se você acompanhar de perto o que seu animal de estimação gosta, nada pode dar errado. Se desejar, as clínicas veterinárias vendem tranquilizantes para animais apenas para acalmar seu melhor amigo durante uma viagem.

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.