Conselho considera cortar abastecimento de água durante a noite

Pelo menos cinco municípios admitiram considerar reduzir ou mesmo cortar parcialmente o abastecimento de água aos residentes durante a noite se a situação de seca persistir. Segundo o Jornal de Notícias, os concelhos de Manteigas, Mangualde, São Pedro do Sul, Tabuaço e Vale de Cambra vão ponderar esta acção caso a situação se mantenha.

O autarca de Vale de Cambra, José Pinheiro, disse à Rádio Observador que embora o município ainda não se encontre nesta fase, estas são ações em estudo e os próximos 15 dias serão decisivos na tomada de ação.

“Obviamente estamos considerando isso, porque estamos cientes da situação dramática em que este país se encontra. Verificámos que o nível da água baixou drasticamente, as águas superficiais são inexistentes e o consumo mantém-se”, explica o autarca de Vale de Cambra.

Cortar o abastecimento de água à noite, explica José Pinheiro, significa “limitar o consumo à noite e garantir que os reservatórios possam ser enchidos à noite para que haja água para os residentes durante o dia”.

Também em Mangualde, estas são as opções em análise: “Dado o cenário que vivemos, esta é uma questão que está sempre em cima da mesa. Estamos a tomar todas as medidas para evitar que esta situação aconteça”, sublinhou o autarca, Marco Almeida, adiantando que a autarquia está a realizar uma campanha de sensibilização para a redução do consumo diário de água.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.