Dez anos atrás, a lenda do WRC Loeb estava prestes a entrar no DTM com a BMW

Loeb encerrou sua brilhante carreira em tempo integral no WRC no final da temporada de 2012, após um recorde de nove títulos com a Citroen, conquistando seu lugar entre os maiores de todos os tempos do automobilismo.

O francês competiu em quatro eventos do WRC no ano seguinte e faz uma aparição única no Campeonato até hoje, somando mais quatro vitórias à sua impressionante contagem – mais recentemente na abertura da temporada em Monte Carlo em janeiro.

Ele também se envolveu em uma variedade de campeonatos de lata, mais notavelmente dirigindo um McLaren MP4-12C GT3 na FIA ​​GT Series com sua própria equipe em 2013 antes de embarcar em uma temporada de dois anos no World Touring Car Campeonato com a Citroën.

No entanto, a carreira pós-WRC de Loeb poderia ter sido muito diferente, pois o piloto de 48 anos revelou em uma entrevista exclusiva que ele pode ter acabado no DTM com a BMW em 2013, um ano depois que o fabricante de Munique conquistou o título em sua temporada de estreia na categoria.

“Uma vez eu estava conversando com algum fabricante no DTM sobre talvez entrar no campeonato”, Loeb disse ao título irmão do Autosport Motorsport-Total.com em uma entrevista em vídeo. “Isso foi há quase 10 anos, quando me aposentei do WRC.

“No final decidimos fazer algo diferente, mas estou um pouco envolvido com o DTM há muito tempo.

“Falei com a BMW. acho que foi bem perto [to striking a deal]. Finalmente, decidi continuar no WRC [part-time] e isso encerrou nossa discussão.”

Martin Tomczyk, BMW Team RMG, BMW M3 DTM

Foto: BMW AG

Loeb fez sua estreia no DTM no início deste mês dirigindo um Ferrari 488 GT3 operado pela AF Corse em Portimão, depois de ser solicitado pela Red Bull para substituir o ausente Nick Cassidy na escalação da equipe.

O francês terminou as duas corridas em Portugal em 16.º e 18.º lugar e chegou mesmo a qualificar-se a oito décimos da pole na primeira qualificação do fim-de-semana.

O chefe da AF Corse, Ron Reichert, que vinha acompanhando de perto suas performances, ficou mais impressionado com a capacidade de Loeb de atravessar o tráfego após um reinício do safety car na primeira corrida e ir de 21 a 13 em uma única volta.

“A câmera de bordo de Seb no reinício da primeira corrida foi o vídeo que mais assisti neste fim de semana”, disse ele ao Motorsport-Total.com.

“Ele conquistou seis ou sete posições – e a sensação que ele tem é simplesmente inacreditável.

“Ele não previu a largada, ele previu o que ia acontecer na pista à sua frente, para onde vão os outros carros que podem entrar em contato. Ele dirigiu como se soubesse exatamente o que ia acontecer.”

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.