Dívida em Portugal sobe para 762,5 mil milhões

A dívida das famílias, empresas e do Estado aumentou 14,1 mil milhões de euros no primeiro semestre deste ano face ao final de 2020, para 762,5 mil milhões de euros.

Segundo o Banco de Portugal (BdP) em comunicado, em junho de 2021 a dívida do setor não financeiro ascendia a 762.482 milhões de euros, dos quais cerca de 350 mil milhões de euros estavam relacionados com o setor público e 412 mil milhões de euros com o setor privado . .

De acordo com o banco central, um aumento de € 14,1 bilhões em relação ao final de 2020 resultou de um aumento de € 8,1 bilhões na dívida do setor público e € 6 bilhões na dívida do setor privado.

O aumento da dívida do setor público “resultou, sobretudo, de um aumento registado da dívida ao setor financeiro (4,4 mil milhões de euros) e da dívida a países estrangeiros (3 mil milhões de euros)”.

De acordo com o BdP, no setor privado, a dívida das empresas aumentou 4 mil milhões de euros, sendo este aumento “explicado principalmente pelos financiamentos obtidos junto do setor financeiro (2,2 mil milhões de euros) e no estrangeiro (1,8 mil milhões de euros)”.

A dívida individual aumentou 2 mil milhões de euros, “refletindo o aumento dos financiamentos obtidos junto do setor financeiro€”.

Em junho de 2021, a taxa de variação anual da dívida total das empresas privadas foi de 1,6%, 0,1 pontos percentuais acima do final de 2020, enquanto a dívida média total das empresas privadas aumentou 1,3 pontos percentuais para 2,7%.

A próxima atualização das estatísticas da dívida do setor não financeiro será realizada pelo BdP no dia 21 de setembro.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.