EHC RODADA 2: MERLI E SCHAGERL BRILHAM EM PORTUGAL

Perante dezenas de milhares de espectadores entusiasmados, Christian Merli e Karl Schagerl dominaram a etapa portuguesa do Campeonato Europeu de Subida em Montanhas da FIA, tendo já se destacado na corrida de abertura em França, no passado mês de abril.

Sete meses depois de acolher e organizar magistralmente o FIA​​​Climb Masters, Braga voltou a vibrar ao som dos motores e os participantes viram-se de volta ao tradicional percurso da Rampa da Falperra, cujos 5 km têm uma média superior a 170 km/h foi percorrido em oposição aos 3 km usados ​​durante o Masters.

O percurso e a extensão foram diferentes, mas o nome do vencedor absoluto permaneceu o mesmo: o medalhista de ouro de outubro passado, Christian Merli (Osella FA30), voltou a ser imbatível e venceu cada uma das três corridas com grande desenvoltura. A única desvantagem do fim de semana foi um pequeno acidente no sábado durante um treino.

O medalhista de bronze Masters, o checo Petr Trnka (Norma M20 FC) está definitivamente confortável no rápido circuito de Braga. Segundo na geral e primeiro no grupo E2-SC, esteve bem próximo dos tempos de Merli, por exemplo perdendo menos de 2 segundos na primeira subida. O alemão Alexander Hin (Osella FA30) e o espanhol Joseba Iraola (Nova NP01) também mostraram coragem em um percurso que exige muita firmeza, terminando em 3º e 4º respectivamente, separados por menos de 4 décimos no tempo acumulado em suas duas melhores corridas. O checo Milos Benès (Osella FA30) foi quinto à frente do espanhol Javier Villa, que mais uma vez mostrou verdadeira habilidade apesar de um carro com pouca potência (BRC53 Suzuki) em comparação com a concorrência. Sébastien Petit (Nova NP01), Michele Fattorini ao volante do pequeno Wolf Thunder GB08 com motor Aprilia, José Correia (Norma M20 FC) e Gonzalo Fernandez (Nova NP03) completaram o top 10.

Na categoria 1, o domingo começou mal para o favorito Karl Schagerl, que bateu as barreiras na primeira corrida. O austríaco conseguiu consertar seu Golf Rallye para as duas subidas restantes, que ele dominou para ultrapassar o Mitsubishi Lancer do croata Domagoj Perekovic, que também ficou aliviado por figurar na classificação final depois de se aposentar na primeira corrida. Ao volante de um Mercedes AMG GT4, que também pilota em pista, a jovem Gabriela Correia causou grande alvoroço com alguns pódios do Grupo 1 o benefício de tempos impressionantes.

Tal como em França, Tomislav Muhvic (Mitsubishi Lancer Evo IX) conquistou a vitória no Grupo 2, desta vez frente ao português Vitor Pascoal (Porsche 911 GT3 Cup), enquanto o austríaco Christian Schweiger (Mitsubishi Lancer Evo VII) perdeu força nos treinos devido a danos no motor.

No Grupo 3, o duelo entre Igor Stefanovski (Hyundai i30 TCR) e Antonino Migliuolo (Mitsubishi Lancer Evo IX) continuou e o macedônio voltou a vencer. Vasilije Jaksic (Mitsubishi Lancer Evo IX) de Montenegro e Maciej Serafin (Renault Clio Sport 2.0 16v) ​​da Polônia venceram os Grupos 4 e 5, respectivamente.

Duas corridas, duas vitórias até agora para Igor Stefanovski na Categoria 1 Grupo 3 (Foto: Zoom Motorsport).

O aguardado Audi RS5 DTM, que José Antonio Lopez-Fombona estreou na subida, ainda não mostrou todo o seu potencial, mas pode mostrar mais de si nos dias 14 e 15 de maio na terceira rodada do Campeonato Europeu de Hill Climb da FIA em Espetáculo Al Fito, Espanha.

Todas as tabelas desta segunda ronda do Campeonato Europeu de Subida de Montanha da FIA 2022 podem ser encontradas aqui.

As galerias de fotos podem ser visualizadas através dos seguintes links: FIA web, Campeão FIA Facebook e fi instagram.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.