Embaixador da Sérvia morre afogado em Cascais

O embaixador da Sérvia em Lisboa morreu hoje após afogamento na Boca do Inferno, em Cascais, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) em Lisboa.

A mesma fonte acrescentou que o alerta foi dado às autoridades às 13h20.

Segundo o site oficial da embaixada, Oliver Antić foi embaixador da Sérvia em Portugal, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

O Ministério das Relações Exteriores da Sérvia confirmou a morte do embaixador “após um acidente” em seu site.

Na nota, o governo sérvio manifesta o seu pesar e destaca o “profissionalismo e dedicação” de Oliver Antić e o seu contributo para “melhorar as relações entre a Sérvia e Portugal”.

De acordo com o CDOS, estavam de serviço quatro viaturas e sete bombeiros do Estoril, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Autoridade Marítima Nacional e do Instituto de Socorros a Náufragos.

Como disse o Comandante do Capitão do Porto de Cascais, Paulo Gomes Agostinho, a Lusa quando as autoridades receberam o alerta sobre o incidente, “não sabiam quem era, nem o que tinha acontecido, não sabiam até terem cheguei lá Cena”.

“Durante as manobras de reanimação no local, soubemos pelas testemunhas, uma das quais também da embaixada, que era o embaixador da Sérvia em Portugal”, disse, adiantando que foram as escoltas do diplomata que foram o que aconteceu .

O INEM confirmou à Lusa que foi chamado para socorrer uma vítima de afogamento de 71 anos, mas após tentativas de reanimação, “o óbito foi apurado no local”.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.