Farmácias renovam automaticamente prescrições de medicamentos crônicos

O ministro falou destas duas medidas incluídas na proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) na conferência anual da plataforma de saúde em diálogo sobre o tema da saúde: novos caminhos, um objetivo comum”.

De acordo com a proposta orçamentária amplamente aprovada pelo Parlamento, o governo vai “incentivar a introdução de sistemas de acesso nas farmácias de venda livre a medicamentos prescritos em hospitais para o tratamento de doenças seleccionadas”.

Manuel Pizarro observou que 150.000 pessoas precisam ir ao hospital “mês após mês”, algumas tendo que viajar centenas de quilômetros para “pegar a última receita do médico” para obter medicamentos essenciais.

“Acho que podemos fazer melhor, simplificar isso, sem o risco de comprometer a qualidade e o acompanhamento da prescrição” e com “maior comodidade” para as pessoas, utilizando recursos que já existem na comunidade e que são “altamente profissionais qualificados”.

Outra ação incluída no OE2023 é o desenvolvimento de “um mecanismo de renovação automática de prescrição para doentes crónicos numa interação SNS/farmácia oficina”.

Segundo o responsável, esta medida terá um “enorme impacto na vida de centenas de milhares de pessoas que vivem com doenças crónicas”, que muitas vezes têm de sobrecarregar os serviços de saúde locais e profissionais apenas para inovar os medicamentos para doenças crónicas.

No entanto, esta medida deve ser analisada “do ponto de vista técnico com muito cuidado” com médicos, farmacêuticos e enfermeiros, “porque um medicamento crônico para uma doença crônica não deve ser uma prescrição crônica”.

Questionado à margem da conferência sobre a escassez de alguns medicamentos, Manuel Pizarro esclareceu que “a grande maioria dos medicamentos não tem problemas de abastecimento”.

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *