Fim da “Paciência” da Suécia – The Portugal News

Após vários avisos, a Suécia cancelou definitivamente o tratado fiscal com Portugal que permitia aos pensionistas suecos beneficiar de isenções de imposto sobre o rendimento tanto em Portugal como na Suécia.

A partir de agora, em 2022, as autoridades fiscais suecas poderão cobrar imposto sobre o rendimento aos pensionistas que recebam pensões pagas pela Suécia e que residam em Portugal.

Em aviso publicado em Diário da República a 1 de fevereiro de 2022, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português confirmou que a Suécia tinha apresentado em 16 de junho de 2021 que denunciava a convenção bilateral destinada a “evitar a dupla tributação e prevenir a evasão fiscal na área da renda. impostos”, assinado em Helsinborg em 29 de agosto de 2002.

O parlamento da Suécia votou a favor do cancelamento do tratado fiscal com Portugal no ano passado. O tratado fiscal expira em 31 de dezembro de 2021, o que significa que a partir de 1 de janeiro de 2022, a Suécia pode cobrar impostos sobre pensões pagas pela Suécia a residentes em Portugal.

A proposta foi enviada pelo Governo sueco ao parlamento do país, com o objetivo de denunciar a convenção para evitar a dupla tributação com Portugal, tendo o Governo português sido notificado dessa medida. A origem deste Projeto de Lei do Governo Sueco é o facto de até à data Portugal não ter ratificado o protocolo do tratado de dupla tributação que os dois países assinaram em maio de 2019.

“Esperamos muito tempo. Fizemos um acordo em 2019. Esperamos dois anos e a nossa paciência acabou”, explicou Magdalena Andersson, então ministra das Finanças, em entrevista ao jornal Público.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *