Fulham confirma contratação de João Palhinha do Sporting

O Sporting informa que recebe 20 milhões de euros e estão previstos mais dois milhões, caso as metas sejam cumpridas. Os leões também ficam com 10% do valor excedente devido a uma troca futura.
O Fulham oficializou, esta segunda-feira, a marcação de João Palhinha do Sporting. O médio termina a papelada há cinco épocas e o Sporting afirma, num comunicado enviado à CMVM (Comissão do Mercado de Valores), que recebe 20 milhões de euros pela troca.

O entendimento contempla igualmente a prestação de mais 2.000.000 euros, condicionada ao cumprimento de metas, ficando o Sporting habilitado a 10% de aumento de capital de uma futura troca.

“Estou extremamente feliz por estar aqui. É uma chance extraordinária para mim. Vou jogar no que é a melhor associação do planeta, como gostaria de pensar. Terminei a papelada para um extraordinário, que me valorizou sem dúvida . É por isso que garanto aos adeptos que vou dar o meu melhor. Desejo ganhar inúmeras coisas esta época”, afirma o global português, em declarações distribuídas no site do Fulham.

O jogador de 26 anos foi um dos “principais focos” do Fulham neste mercado, revela Tony Khan, proprietário do clube formado por Marco Silva. O Fulham está de volta à Premier League depois de ter sido herói do Campeonato da temporada passada.

Palhinha persegue o compatriota Ivan Cavaleiro na equipe londrina, mas não encontra mais Fábio Carvalho, que se mudou para Liverpool. Esta é a experiência mais memorável do português a nível mundial no estrangeiro.

Palhinha apareceu no Sporting para o grupo de adolescentes, depois de ter passado pelo Sacavenense nos escalões mais juvenis. Jogou pelo grupo B dos leões, Moreirense, Belenenses e Sporting de Braga. Ficou confortável em Alvalade nas duas últimas temporadas, com Rúben Amorim. Em duas temporadas, ele apareceu e marcou cinco gols.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.