Investidor português oferece 2,3 mil milhões de euros para comprar o Chelsea

O fundo londrino Aethel Partners, detido pelo português Ricardo Santos Silva e que está a tentar comprar o Novobanco, apresentou uma proposta de 2,3 mil milhões de euros para comprar o clube de futebol inglês Chelsea.

De acordo com a Sky Sports, a Aethel Partners ainda está disponível para injetar imediatamente cerca de 60 milhões de euros no clube londrino para resolver problemas de tesouraria, depois que as sanções contra o proprietário Roman Abramovich (devido a conexões com Vladimir Putin) fecharam as portas do estádio e das lojas.

O Aethel Partner Fund foi fundado em 2014 por Ricardo Santos Silva e o americano Aba Schubert, e tem interesses em diversos setores: gestão de ativos, consultoria, tecnologia, metais e mineração e telecomunicações.

Em 2019, a Aethel Mining, empresa da qual Ricardo Santos Silva é também cofundador, recebeu autorização da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) para assumir o “domínio da mina de ferro” Torre de Moncorvo, prometendo mais tarde trazer “Portugal de volta à posição de liderança na mineração europeia”.

Ricardo Santos Silva estudou economia na Universidade de Lisboa e física (mecânica) na Universidade de Harvard, segundo a sua biografia no site do fundo. É membro do Instituto de Física.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.