Liga das Nações: Portugal vence checos; Espanha e Inglaterra perdem

Com o seu Portugal a rolar em Praga, Cristiano Ronaldo teve uma noite difícil. Primeiro ele sofreu um soco feio no rosto que deixou seu nariz sangrando e exigiu um pequeno curativo, depois perdeu um pênalti que ficou impune

Com o seu Portugal a rolar em Praga, Cristiano Ronaldo teve uma noite difícil. Primeiro ele sofreu um soco feio no rosto que deixou seu nariz sangrando e exigiu um pequeno curativo, depois perdeu um pênalti que ficou impune

Diogo Dalot ajudou Portugal a assumir a liderança do grupo da Liga das Nações ao marcar seus dois primeiros gols pela seleção na vitória por 4 a 0 sobre a República Tcheca.

A Espanha perdeu a liderança no Grupo A2 depois de perder por 2 a 1 para a Suíça diante de torcedores decepcionados em Saragoça, no sábado.

Portugal tem dois pontos de vantagem sobre a Espanha antes de os seus vizinhos se encontrarem em Braga na terça-feira, num jogo decisivo para ver quem termina nas meias-finais do torneio de Junho.

Enquanto seu Portugal rolava em Praga, Cristiano Ronaldo teve uma noite difícil, primeiro sofrendo um soco feio no rosto que fez seu nariz sangrar e exigiu um pequeno curativo. O maior artilheiro de todos os tempos no futebol internacional, com 117 gols, também cometeu um pênalti que os tchecos felizmente não conseguiram converter para fazer o 2-0.

Dalot colocou Portugal na frente aos 33 minutos, quando o lateral-direito marcou após passe de Rafael Leão.

Bruno Fernandes dobrou a vantagem nos acréscimos do primeiro tempo antes de Ronaldo ser culpado de um handebol em sua própria área. Mas Patrik Schick errou o pênalti ao mandar para o travessão.

Dalot estabeleceu o resultado no 52º com uma curva no canto sem qualquer dúvida.

Ronaldo terminou o jogo com uma assistência de Diogo Jota para marcar o quarto golo aos 82.

Após ser rebaixado para a Liga das Nações, Gareth Southgate diz que é a ‘pessoa certa’ para levar a Inglaterra à Copa do Mundo

O técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, que foi criticado após uma temporada decepcionante na Liga das Nações, disse que, no entanto, era “a pessoa certa” para liderar a equipe à Copa do Mundo deste ano no Catar.

A Inglaterra foi rebaixada da primeira divisão da Liga das Nações depois de cinco jogos sem vencer, nos quais perdeu duas vezes para a Hungria – incluindo 4 a 0 em Wembley – e uma vez para a Itália, além de dois empates.

Após a derrota por 4 a 0 para a Hungria em junho, a torcida voltou-se para Southgate e houve vaias renovadas dos torcedores visitantes quando ele se levantou para aplaudi-los após a derrota de 1 a 0 para a Itália na sexta-feira.

“Acho que sou a pessoa certa para liderar o time no torneio”, disse Southgate, que levou a Inglaterra às semifinais da Copa do Mundo de 2018 e à final da Euro 2020 de 2021.

“Acho que é definitivamente mais estável assim. Não acho que (o) desempenho (contra a Itália) foi longe e sei que isso vai provocar o ridículo só porque estamos atrás de uma série de derrotas”. .”

Southgate disse que a experiência de jogar contra times de ponta na Liga das Nações ajudará seus jogadores a se prepararem para os desafios que os aguardam na Copa do Mundo, que começa em 20 de novembro.

“No passado, tivemos amistosos ou quaisquer que fossem os jogos e depois entramos em torneios e essa é a primeira vez que enfrentamos adversários de alto nível e isso nos atingiu bastante na cara”, acrescentou Southgate adicionado.

“Agora sabemos o nível, agora sabemos em que precisamos melhorar e estaremos melhor posicionados para isso se tivermos a qualidade dos jogos que tivemos”.

O capitão da Inglaterra, Harry Kane, disse que entende a frustração dos torcedores, mas insistiu que não há motivo para pânico.

“Não estamos em pânico. Sabemos que queremos melhorar”, disse Kane.

“Eu era e ainda sou um torcedor da Inglaterra, jogando ou não. Entendo.

“Mas, em última análise, seremos julgados pelo que acontecerá em novembro próximo. Se tivermos um torneio bem-sucedido, não tenho certeza se as pessoas se preocuparão com o verão que tivemos e esse é o resultado final”.

A Inglaterra recebe a Alemanha no Estádio de Wembley na segunda-feira.

Com informações das agências.

Nicole Leitão

"Aficionado por viagens. Nerd da Internet. Estudante profissional. Comunicador. Amante de café. Organizador freelance. Aficionado orgulhoso de bacon."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *