Marcelo defende direitos humanos no Catar

Marcelo Rebelo de Sousa falou em Doha durante um encontro com o Presidente de Gana, Nana Akufo-Addosobre educação, uma iniciativa organizada pela Fundação Educação para Todos. Combinado com Nações Unidasantes de assistir ao jogo de estreia da seleção portuguesa de futebol.

O chefe de Estado enfatizou que para alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 das Nações Unidas – “Acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa” – “Liberdade para todos, para todos” e “Coesão social”.

A coesão social implica “incluindo todos, incluindo os pobres” e também os “migrantes”, implica “pessoas com ideias sociais, políticas, económicas diferentes, também com orientações diversas – sabemos que cada país tem a sua forma de pensar – mas também sexual e orientações de gênero”, acrescentou.

Referindo-se à liberdade, disse: “Claro que aqui só temos equipas de futebol masculino. Mas em Portugal, por exemplo, a maioria dos universitários são mulheres, a maioria dos doutorandos são mulheres, estamos acima da média europeia.” .

“Os direitos humanos são direitos sociais, direitos econômicos, direitos políticos, mas também direitos individuais e isso é muito importante. O direito de acesso à educação é vital, faz a diferença. Quando falamos de educação de qualidade e inclusiva, falamos de futuro a longo prazo”, explicou.

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *