Menos casos de gripe – Portugal Notícias

O Instituto Nacional de Saúde Dr. RicardoJorge (INSA) refere que, durante a semana de 2 a 8 de janeiro, “a mortalidade por todas as causas em Portugal esteve dentro do esperado”, embora tenha sido detetada “mortalidade excessiva por todas as causas na região norte e no grupo etário 75+”.

O INSA sublinha que o excesso de mortalidade na região Norte e entre os idosos com mais de 75 anos insere-se num período mais longo que começou a 28 de novembro e durou um total de seis semanas.

O Programa Nacional de Vigilância da Gripe analisou 727 casos de infeção respiratória aguda/síndrome gripal (IRA/GS) durante a época 2022/2023 e identificou 282 (38,8%) casos de gripe, dos quais 280 (99,3%) eram do tipo A e 2 (0,7%) do tipo B, com 75 casos de SARS-CoV-2 (10,3%) detectados.

Na primeira semana do ano, foram detetados dois casos positivos para o vírus da gripe, ambos do tipo A e dois casos positivos para SARS-CoV-2, registando-se nas redes Sentinela 15 casos de coinfeções, quatro dos quais SARS -CoV-2 e co-infecção pelo vírus influenza.

“Até agora, foram detectados 70 casos de coinfecção com o vírus da gripe e SARS-CoV-2. Desde outubro, outros patógenos respiratórios foram identificados em 9.222 casos e, na última semana, outros patógenos respiratórios foram identificados em 490 casos, principalmente o vírus sincicial respiratório”, disse o boletim.

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *