Mídia eslovaca bate recorde de confiança – EURACTIV.com

A confiança na mídia caiu para um nível recorde na Eslováquia, com menos pessoas confiando na mídia em comparação com o ano passado, uma nova pesquisa do Reuters Institute of Journalism descobriu depois de pesquisar 46 países.

De acordo com a pesquisa, apenas 28% dos eslovacos confiam na mídia, uma queda de quatro pontos percentuais em relação a 2021.

O país com o maior confiança na mídia tem sido a Finlândia, onde 69% da população confia em jornalistas. Outros países escandinavos, bem como Portugal e Holanda, também se saíram bem. A Eslováquia divide o último lugar com os EUA.

África do Sul, Nigéria e Quênia também se saíram muito bem, embora os entrevistados fossem principalmente mais jovens e falantes de inglês, o que significa que os resultados não são representativos de toda a população, de acordo com os pesquisadores que conduziram a pesquisa.

Além da Eslováquia e dos EUA, a baixa confiança na mídia foi registrada na Hungria, Grécia e Taiwan, onde apenas 27% da população confia nos jornalistas.

A pesquisa também se concentrou nos meios de comunicação mais confiáveis ​​e nas redes de mídia social mais utilizadas. Na Eslováquia, o Facebook ficou em primeiro lugar com 74%, seguido pelo Youtube (67%) e Messenger (53%).

Os pesquisadores também concluíram que, em muitos países, uma proporção crescente de pessoas está evitando as notícias por causa de seu impacto psicológico negativo.

As pessoas também reclamam que há muitas notícias sobre pandemias e política. Outros dizem que as notícias levam a discussões com familiares ou amigos, que preferem evitar.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.