Momen apela a Portugal para abrir missão em Dhaka

O ministro das Relações Exteriores de Bangladesh, Dr. AK Abdul Momen instou Portugal a estabelecer uma missão portuguesa residente ou pelo menos um centro de serviço consular em Dhaka para receber todos os tipos de pedidos de visto, informa a BSS.

“Facilitar os estudantes do Bangladesh a frequentar as suas universidades em Portugal e reunir os familiares dos migrantes do Bangladesh com os seus entes queridos em Portugal é importante”, disse.

Momen fez o apelo ao realizar uma reunião bilateral com o seu homólogo português, Dr. João Gomes Cravinho à margem da 2ª Conferência Oceânica da ONU 2022 em curso, co-organizada por Portugal e Quénia.

Ele mencionou que seu país tem uma embaixada de Bangladesh residente em Lisboa há 10 anos e recentemente comprou um terreno lá para a localização permanente da missão.

Salientou que a abertura de um escritório de advogados português no Bangladesh é o gesto mais adequado da parte portuguesa para celebrar o jubileu de ouro das relações diplomáticas Bangladesh-Portugal em 2024.

Esta é a primeira reunião bilateral entre os dois países em nível de ministro das Relações Exteriores, de acordo com um comunicado de imprensa do Ministério das Relações Exteriores no sábado.

Durante o encontro, os dois ministros dos Negócios Estrangeiros partilharam a determinação de levar as relações bilaterais entre o Bangladesh e Portugal a um novo patamar nos próximos dias.

Recordando a ligação histórica entre o Bangladesh e Portugal no início do século XVI, o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Bangladesh acreditava que os dois países amigos deveriam aproveitar este legado positivo da história para forjar uma cooperação mutuamente benéfica mais forte no presente.

Ele enfatizou a cooperação em comércio, investimento, recursos humanos, economia azul, energia renovável e contatos interpessoais.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros atualizou o seu homólogo português sobre o notável progresso do Bangladesh no desenvolvimento socioeconómico, particularmente no empoderamento das mulheres, saúde e educação, e o rápido crescimento económico sob o primeiro-ministro Sheikh Hasina.

Ele mencionou que a recém inaugurada Ponte Padma, multibilionária, construída inteiramente com recursos próprios sobre um dos rios mais poderosos do mundo, é um símbolo do novo Bangladesh, capaz de resistir a qualquer desafio.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros português manifestou o desejo do seu governo de melhorar as relações com o Bangladesh.

Tomou nota das propostas e comprometeu-se a trabalhá-las enquanto elogiava a comunidade migrante bengali que vive em Portugal pela sua integração na sociedade portuguesa e pelo seu contributo para a economia portuguesa.

Ambos os lados também concordaram em trabalhar juntos para enfrentar os desafios relacionados às mudanças climáticas, como: B. a reabilitação dos “refúgios climáticos” em nível bilateral e multilateral.

Os dois ministros trocaram opiniões sobre desenvolvimentos regionais e globais.

Momen apelou a um papel efectivo de Portugal e da UE nas plataformas internacionais para o repatriamento expedito de rohingyas do Bangladesh deslocados à força para Myanmar.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros do Bangladeche convidou o Ministro dos Negócios Estrangeiros português a visitar o Bangladeche, o que foi aceite de bom grado.

Momen foi recebido durante a reunião pelo Embaixador do Bangladesh em Lisboa, Tarik Ahsan, Secretário do Departamento de Assuntos Marítimos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Contra-Almirante Ret. D., Md. Khurshed Alam, e outros oficiais acompanhados.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.