Mundial 2022 – Marrocos 1-0 Portugal: Youssef En-Nesyri marca golo e Cristiano Ronaldo deixa o torneio do Qatar | notícias de futebol

O Marrocos se tornou a primeira nação africana a chegar às semifinais de uma Copa do Mundo quando o gol da vitória de Youssef En-Nesyri no primeiro tempo incluiu Portugal na lista de times chocados no Catar.

O atacante En-Nesyri aproveitou um erro do goleiro português Diogo Costa para cabecear o gol histórico não apenas para a equipe de Walid Regragui, mas para todo o continente africano.

Cenário:
En-Nesyri beneficiou de erro de Diogo Costa na baliza portuguesa

Nem a substituição de Cristiano Ronaldo aos 51 minutos, deixado no banco pelo técnico Fernando Santos, conseguiu a reviravolta de Portugal, com Bruno Fernandes acertando na trave enquanto Gonçalo Ramos e Bernardo Silva seguraram o gol de boas posições perdidas.

No final, o Marrocos exigiu heroísmo do goleiro Bono, que defendeu de João Félix e Ronaldo, enquanto Pepe errou um chute no minuto final dos acréscimos – que também resultou na expulsão do atacante substituto Walid Cheddira por dois cartões amarelos rápidos.

A entrada surpresa do Marrocos nas semifinais, nas quais derrotou Bélgica, Espanha e Portugal e sofreu apenas um gol contra em cinco jogos da Copa do Mundo, preparou o terreno para um confronto semifinal contra os vencedores da grande Inglaterra e França.

O guarda-redes marroquino Yassine Bounou defende a bola sob pressão de Cristiano Ronaldo
Cenário:
O goleiro marroquino Yassine Bounou manteve sua posição após a entrada de Cristiano Ronaldo em Portugal

Como o Marrocos fez história com mais um choque

Portugal começou o jogo de forma brilhante depois de vencer a Suíça por 6-1 nos oitavos-de-final, com João Félix a criar algumas oportunidades na primeira parte.

Use o navegador Chrome para um player de vídeo mais acessível

Torcedores marroquinos paralisam a Edgware Road em Londres enquanto comemoram a vitória sobre Portugal nas quartas de final da Copa do Mundo.

O atacante cabeceou direto para Bono e viu um chute desviado passar por cima da rede do goleiro marroquino, antes de acertar a primeira finalização da entrada da área quando foi encontrado em um acre de espaço.

momentos do jogo…

  • 5 min: João Félix perdeu a primeira das três grandes chances do primeiro tempo ao cabecear uma cobrança de falta direto para Bono.
  • 42 min: Youssef En-Nesyri dá um tapa em Diogo Costa para ir para casa, que acaba sendo o vencedor.
  • 45 min: Bruno Fernandes bate na trave e instantes depois o pênalti é desviado.
  • 51 minutos: Pouco depois de Hakim Ziyech quase fazer 2 a 0, Cristiano Ronaldo entra em campo.
  • 58′: Gonçalo Ramos cabeceia livre após cruzamento de Otávio.
  • 83 min: Bono cai do canto superior da rede em chute de João Félix.
  • 90+1 minutos: Ronaldo escapa da defesa marroquina, mas seu chute rasteiro é defendido por Bono.
  • 90+4: Walid Cheddira é expulso após dois cartões amarelos pelo Marrocos.
  • 90+7: Pepe cabeceia à queima-roupa na última grande chance de Portugal no jogo
  • Resultado final: Ronaldo sai de campo em prantos

Enquanto isso, a equipe de Fernando Santos foi avisada do perigo de En-Neysri no ar quando ele disparou de cabeça após escanteio, enquanto Selim Amallah e Sofiane Boufal chegaram perto em uma rápida sucessão, mas nenhum deles acertou o alvo.

Por fim, a resiliência do Marrocos valeu a pena três minutos antes do intervalo, quando o goleiro de Portugal, Costa, emboscou a longa bola de Attiyat Allah da esquerda e colidiu com seu próprio zagueiro em Dias, permitindo que En-Neysri cabeceasse para o gol.

Youssef En-Nesyri abre o placar para o Marrocos
Cenário:
Youssef En-Nesyri abre o placar para o Marrocos

Depois de um final frenético no primeiro tempo, Fernandes acertou um voleio na barra antes que o árbitro Facundo Tello defendesse um pênalti quando ele acertou o alvo momentos depois.

O Marrocos começou o segundo tempo forte quando Hakim Ziyech testou as luvas de Costa após uma cobrança de falta – uma grande chance que levou Ronaldo a entrar aos 51 minutos

Mas foi Gonçalo Ramos quem conseguiu uma grande chance logo após cruzamento de Ronaldo, desviando cruzamento de Otávio de dentro da área.

Bernardo Silva teve duas grandes chances de empatar em rápida sucessão, mas rolou da entrada da área e não conseguiu marcar na cobrança de falta habilidosa dentro da área.

Cristiano Ronaldo deixa o campo em lágrimas após a derrota de Portugal por 1 a 0 para o Marrocos
Cenário:
Cristiano Ronaldo deixa o campo em lágrimas após a derrota de Portugal por 1 a 0 para o Marrocos

Ainda assim, nenhuma dessas chances se compara às três que Portugal teve nos últimos 10 minutos. Primeiro, a corrida rasteira de Felix em direção ao canto superior foi nocauteada por Bono – que teve que igualar o pequeno esforço de Ronaldo quando o jogador de 37 anos passou no um contra um.

Marrocos estava prestes a encontrar um segundo quando Zakaria Aboukhlal rompeu com clareza, mas seu chute desajeitado foi facilmente defendido por Costa – mas Pepe teve uma chance ainda melhor do outro lado, saindo da área de seis jardas após um Rafael Leao cruz decapitada.

O apito final causou aplausos dos jogadores marroquinos e de seus milhares de torcedores nas arquibancadas – enquanto Ronaldo imediatamente saiu do campo em lágrimas naquela que provavelmente seria sua última participação em uma Copa do Mundo.

Use o navegador Chrome para um player de vídeo mais acessível

Após a derrota de Portugal por 1 a 0 para o Marrocos, o painel do Football Saturday debate o futuro de Ronaldo e se sua carreira internacional acabou.

Pepe dá bronca em árbitro argentino

O zagueiro Pepe, de Portugal, criticou a nomeação do árbitro argentino Tello depois que os jogadores argentinos se abriram sobre a arbitragem e a prorrogação após a vitória nas quartas de final sobre a Holanda na sexta-feira.

A Argentina concedeu o empate no final dos 11 minutos do tempo de compensação para enviar o empate para a prorrogação, com o goleiro Emiliano Martinez alegando que o árbitro Antonio Mateu Lahoz queria que a Holanda marcasse, enquanto o capitão Lionel Messi também foi crítico.

Pepe diz que a nomeação de Tello naquele jogo não deveria ter sido aprovada, já que a Argentina ainda está no torneio.

Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e Pepe conversam antes da cobrança de falta
Cenário:
Pepe (segundo da direita) reclamou da perda de tempo

“Sofremos um gol que não esperávamos, mas… tenho que dizer. É inaceitável que um árbitro argentino apita o nosso jogo”, disse Pepe. “Depois do que aconteceu ontem, depois que Messi falou, toda a Argentina falou e o árbitro vem aqui.

“O que jogamos no segundo tempo? O goleiro continuou caindo no chão. Foram apenas oito minutos de acréscimo. Trabalhamos muito e o árbitro [gave] oito minutos?

“Não jogamos nada no segundo tempo. Fomos o único time que jogou futebol. Estamos tristes. Tínhamos qualidade para vencer a Copa do Mundo e não o fizemos.”

“Os nossos jogadores estão desesperados”, disse o seleccionador de Portugal, Fernando Santos, que minimizou as questões sobre o seu próprio futuro e acrescentou que não se arrepende de não ter contratado Ronaldo.

“Cristiano é um grande jogador e veio quando pensamos que era necessário. Mas não, não nos arrependemos.”

Enquanto isso, o goleiro do Marrocos, Bono, disse: “Me belisque, estou sonhando.

“O Marrocos está pronto para enfrentar qualquer um no mundo. Mudamos a mentalidade da geração que vem depois de nós. Eles saberão que os jogadores marroquinos podem fazer maravilhas.”

Jogador do Jogo – Sofyan Amrabat (Marrocos)

João Félix é desafiado por Sofyan Amrabat e Hakim Ziyech
Cenário:
João Félix é desafiado por Sofyan Amrabat e Hakim Ziyech

O domínio da posse de bola era tamanho que o metrônomo marroquino Sofyan Amrabat tocou na bola apenas 32 vezes em 90 minutos.

Mas o que o meio-campista fez nas raras ocasiões em que conseguiu a bola foi fenomenal e ajudou bastante a aliviar a pressão sobre a defesa marroquina.

Amrabat conseguiu oito vitórias e três tackles, mas também mostrou sua capacidade de colocar a bola para frente – ele chegou ao último terço duas vezes e criou uma chance clara.

Simplificando, Amrabat esteve em todos os lugares para Marrocos e tem uma reivindicação real de ser nomeado Jogador do Torneio.

“Não leve o Marrocos de ânimo leve”

Badr Benoun comemora após o Marrocos avançar para as semifinais da Copa do Mundo ao vencer Portugal por 1 a 0
Cenário:
Badr Benoun comemora após o Marrocos avançar para as semifinais da Copa do Mundo ao vencer Portugal por 1 a 0

Graeme Souness, da Sky Sports, fala na ITV:

“Marrocos foi fabuloso – foi um reflexo do jogo espanhol [which they won on penalties].

“Eles foram sensacionais na hora de defender sua área. Em termos de trabalho árduo, organização e determinação, eles foram um crédito para seu país.

“Não os leve a sério. Eles não serão um Marrocos diferente da próxima vez, eles jogarão assim.”

Badr Benoun desafia Cristiano Ronaldo no final do jogo
Cenário:
Badr Benoun desafia Cristiano Ronaldo no final do jogo

“Eles tinham um plano de jogo que funcionava bem. Cada vez que os portugueses pegavam a bola, eles voltavam em número. Tudo bem dizer isso, mas quando você fica trazendo o outro time até você, uma pessoa geralmente dorme um perigo. Ninguém fez isso. que.

“Para Argentina, França e Inglaterra, se você perguntar a eles e eles derem uma resposta, eles ficarão felizes se o Marrocos vier para lá. Isso pode ser um erro.”

O que significa o resultado?

Marrocos avançar para as semifinais da Copa do Mundo na quarta-feira, 14 de dezembro, às 19:00 GMT. Se vencerem, a final da Copa do Mundo acontecerá no domingo, 18 de dezembro, às 15h.

O lado africano joga com o vencedor do Inglaterra e FrançaQuartas de final, que começam às 19h no sábado à noite.

Nicole Leitão

"Aficionado por viagens. Nerd da Internet. Estudante profissional. Comunicador. Amante de café. Organizador freelance. Aficionado orgulhoso de bacon."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *