Nas notícias esportivas de hoje: o que você precisa saber

Mais recentes – Vários jogadores do Manly estão considerando boicotar a partida do NRL de quinta-feira à noite com o Sydney Roosters por causa da decisão do Sea Eagles de usar uma camisa do orgulho gay no jogo.


Foto: Masculino

Os Sea Eagles anunciaram no domingo à noite que usariam uma camisa LGBTQIA + para o jogo, com um desenho de arco-íris substituindo as argolas brancas da faixa.

Mas esta decisão causou alguma inquietação entre os jogadores que estão descontentes por não terem sido consultados pela administração do clube.

Kieran Foran, Reuben Garrick e Sean Keppie estavam entre aqueles que ajudaram a lançar a tira, mas outros jogadores afirmam que descobriram a mudança através das mídias sociais na noite de domingo.

Suas preocupações estão relacionadas a questões que podem surgir de suas respectivas culturas.

O grande clube Ian Roberts, que se tornou o primeiro jogador da liga de rugby a se assumir abertamente como gay em 1995, disse ao The Daily Telegraph que estava desapontado com a reação dos jogadores que não estavam dispostos a usar a camisa.

“Estou tentando ver de todas as perspectivas, mas isso parte meu coração”, disse Roberts.

“É triste e desconfortável. Como um homem gay mais velho, isso não é estranho para mim. Eu me perguntei se haveria uma reação religiosa.

-ABC

Vos vence a segunda etapa do Tour

A grande mestre holandesa Marianne Vos venceu uma segunda etapa do Tour de France Femmes, repleta de incidentes, para levar a camisa amarela.

A amazona holandesa da equipe Jumbo Visma, Marianne Vos, comemora enquanto pedala até a linha de chegada para vencer a Etapa 2 da corrida de ciclismo feminina de 2022 do Tour de France.

Marianne Vos vence a etapa 2
Foto: AFP

Vários acidentes estilhaçaram o pelotão nos 25 km finais da corrida de 135 km até Provins, a leste de Paris, deixando Vos e outros cinco pilotos em fuga.

Com as rivais da classificação geral Elisa Longo Borghini e Katarzyna Niewiadoma também no grupo, Vos mostrou sua classe para correr com clareza e cruzar a linha de chegada confortavelmente à sua frente.

A compatriota da Holanda, Lorena Wiebes, era a favorita para prolongar a vitória na Champs Elysees na primeira fase, mas voltou para casa no segundo grupo.

Uma das favoritas da corrida, Marta Cavalli, da Itália, que se aposentou após se envolver em um acidente em alta velocidade perto do final da etapa, ficou com o coração partido.

Cavalli foi direto para uma pilha de motos e ciclistas no meio da estrada e foi jogado na pista.

Ela andou por um tempo, mas depois desistiu.

-Reuters

Proibições de invasores de má sorte

Os invasores de solo nos jogos da Premier League e da Liga Inglesa de Futebol receberão uma proibição automática do clube como parte de novas medidas para combater o comportamento dos torcedores.

Invasores de campo no futebol inglês.


Foto: FOTO ESPORTES

As preocupações com a segurança nos campos foram levantadas após uma série de invasões de campo no final da temporada passada.

Qualquer pessoa que carregue ou use pirotecnia ou bombas de fumaça também será proibida e os criminosos identificados serão denunciados à polícia.

A Associação de Futebol também aplicará sanções mais duras aos clubes.

De acordo com a Lei de Ofensas ao Futebol de 1991, é uma ofensa criminal para um torcedor entrar no campo de jogo “sem autorização legal ou desculpa legal” – mas os infratores nem sempre foram processados.

No entanto, processar os infratores será agora a ‘resposta padrão’ sob as novas medidas.

-BBC

Sri Lanka contra-ataca

Ramesh Mendis interferiu em uma participação menor e, em seguida, pegou três postigos para 42 corridas para colocar o Sri Lanka no curso no segundo dia do segundo teste em Galle para assumir uma confortável vantagem de primeira entrada sobre o Paquistão.

Mendis, que rebateu em nono lugar, contribuiu com 35 pontos para o total de 378 do Sri Lanka no Galle International Stadium.

O off-spinner então voltou para destruir a ordem média do Paquistão e os Tourists terminaram o segundo dia 191-7, ainda 187 atrás.

Agha Salman liderou o retorno do Paquistão com 62 desafiadores antes de ser demitido na entrega final do dia.

Yasir Shah sobreviveu a 61 bolas, e uma decisão lbw contra ele que foi revertida falhou em suas 13.

Mais cedo, o jogador paquistanês rápido Naseem Shah e o spinner Yasir dividiram os últimos quatro postigos do Sri Lanka depois que os anfitriões retomaram em 315-6.

Paquistão ganhou o primeiro teste por 4 postigos.

-Reuters

Outro recorde mundial para Duplantis

Armand Duplantis derrubou a cortina do Campeonato Mundial de maneira impressionante, quebrando seu próprio recorde mundial de salto com vara no ato final da reunião de pista e campo de 10 dias em Eugene.

Armand Duplantis, da Suécia, reage ao estabelecer um recorde mundial na final do salto com vara masculino durante o Campeonato Mundial de Atletismo de 2022.


Foto: AFP

Depois que os Estados Unidos conquistaram vitórias convincentes no revezamento 4×400 masculino e feminino, Duplantis assumiu o centro do palco e entregou um final perfeito para os primeiros campeonatos em solo americano.

O sueco navegou 6,21 metros para superar sua marca anterior – estabelecida em março a caminho do ouro no Campeonato Mundial Indoor – por uma polegada e completar seu quadro de medalhas ao conquistar o primeiro título mundial.

O desconhecido nigeriano Tobi Amusan roubou a cena nos 100m com barreiras feminino, estabelecendo um novo recorde mundial de 12,12 segundos nas semifinais.

Ela então ganhou o ouro em um 12.06 originalmente anunciado como um recorde mundial, embora velocidades excessivas do vento significassem que seu tempo foi descartado.

O recordista mundial francês Kevin Mayer recuperou o título do decatlo após performances impressionantes no salto com vara e lançamento de dardo, aproveitando a oportunidade após uma lesão do medalhista de ouro olímpico Damian Warner, que encerrou a competição.

-Reuters

Atletismo com repescagem

A World Athletics apresentará uma rodada de repescagem em provas individuais de pista de 200m a 1500m nos Jogos de Paris 2024.

A repescagem ocorre após as primeiras rodadas de qualificação e dá aos atletas que não conseguiram se classificar para as rodadas posteriores de um evento uma segunda chance de se classificar.

Já faz parte do formato de outros esportes olímpicos, como luta livre e taekwondo.

A introdução de uma volta de repescagem, aprovada pelo Conselho Mundial de Atletismo, também se aplica às barreiras.

Não será implementado na corrida de 100 metros, que já tem preliminares.

-Reuters

Dubai recebe final das eliminatórias da Copa do Mundo

O torneio de qualificação para o último lugar na Copa do Mundo de Rugby Masculina do próximo ano na França será realizado de 6 a 18 de novembro no Sevens Stadium em Dubai.

Hong Kong, Quênia, Estados Unidos e Portugal se encontrarão em um formato round-robin e os vencedores entrarão no Grupo C da Copa do Mundo ao lado de Gales, Austrália, Fiji e Geórgia.

A Copa do Mundo será realizada na França pela segunda vez a partir de 8 de setembro do ano que vem. O país também sediou o torneio em 2007.

-Reuters

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.