Notícias de negócios, estratégia, finanças e insights corporativos

As ações da Gland Pharma caíram até 11%, atingindo uma baixa de 52 semanas de 1.681. Os desenvolvimentos ocorreram dias depois que surgiram relatos de que a principal empresa controladora da farmacêutica, a Fosun International, estava com problemas financeiros. Além disso, na semana passada, a Gland Pharma divulgou lucros fracos para o trimestre de julho a setembro.

Nos últimos três pregões, as ações da empresa caíram até 23%. A grande farmacêutica atingiu uma alta de 52 semanas de 4.060, em 6 de janeiro deste ano. Nos últimos 10 meses, as ações de empresas farmacêuticas caíram mais de 58%. Nos últimos seis meses, o preço das ações da Gland Pharma caiu 39%, enquanto caiu 8% no mês. As ações caíram mais de 12% nas últimas cinco sessões.

As dificuldades financeiras da Fosun International

A Fosun Pharma Industrial Pte detém uma participação majoritária de 57,86% na Gland Pharma. Recentemente, a Fosun International, empresa controladora da Fosun Pharma, foi rebaixada por uma importante agência de classificação enquanto a empresa luta para levantar novo capital.

Segundo relatos, a empresa liderada pelo bilionário Guo Guangchang está enfrentando a crise da dívida que envolve o setor imobiliário da China. Os bancos chineses têm sido cautelosos em conceder empréstimos a empresas privadas após a inadimplência de empresas imobiliárias como o Grupo Evergrande e Kaisa, entre outros. Como resultado, a Fosun, que fez aquisições no passado usando fluxos de caixa estáveis ​​de companhias de seguros, foi forçada a vender seus ativos valiosos com desconto para cobrir seus passivos de curto prazo. Nos últimos meses, a empresa vendeu sua participação em uma importante empresa imobiliária com desconto.

A empresa, que possui o Wolverhampton Wanderers da Premier League, o maior banco de Portugal Millennium BCP, bem como a casa de moda francesa Lanvin e o proprietário do resort Club Med, atualmente tem uma dívida de US$ 90 bilhões ou 650 bilhões de yuans.

A crise financeira nos negócios internacionais da Fosun também deve assustar os investidores na Índia.

Resultados trimestrais fracos

Na semana passada, a farmacêutica registrou um declínio de 20,14% no lucro em 241,44 crore no trimestre de julho a setembro deste ano fiscal, em comparação com 302,08 crore no mesmo período do ano passado. A receita operacional da empresa caiu 3%, para 1.044 crore no trimestre de setembro, em comparação com 1.080 crore no mesmo período do ano passado. Na Índia, a receita das operações da empresa caiu 42% para 72,6 crore em comparação com 125,8 crore no mesmo período do ano passado.

Srinivas Sadu, diretor administrativo e CEO da Gland Pharma, disse: “Embora tenhamos observado uma concorrência crescente em nossos novos produtos, continuamos confiantes de que nosso caminho de lançamento garantirá um crescimento contínuo. Vemos um impulso positivo em nossos negócios de CDMO (desenvolvimento e fabricação de contratos) biológicos/biossimilares. ”

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *