Notícias de Portugal: Turista indiana grávida de sete meses morre em Lisboa, Portugal; Ministro da saúde demite-se

A ministra da Saúde de Portugal, Marta Temido, renunciou na terça-feira após a trágica morte de uma turista indiana grávida em Lisboa. Segundo informações locais, a indiana de 34 anos sofreu uma paragem cardíaca ao ser transferida do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, para outro hospital da capital, porque o serviço de neonatologia estava cheio.

Cinco horas depois da morte da grávida indiana em Lisboa, anunciou a sua demissão. A indiana estaria grávida de 31 semanas e foi levada ao Hospital Santa Maria após reclamar de falta de ar.

Os laudos diziam que, após a estabilização do quadro, o hospital a transferiu para o Hospital São Francisco Xavier, pois a unidade neonatal estava lotada. No caminho, ela sofreu uma parada cardíaca.

Seu bebê nasceu saudável após uma cesariana de emergência.

O ministro da saúde tem sido amplamente criticado pela forma como o governo português lidou com a escassez de pessoal nas maternidades, fechando temporariamente algumas delas e obrigando as grávidas a realizar transferências arriscadas entre hospitais.

Houve incidentes semelhantes em Portugal nos últimos meses – incluindo a morte separada de dois bebês cujas mães pareciam ter sido transferidas entre hospitais e sofreram longos atrasos, disseram fontes.

O encerramento de algumas maternidades levou a maternidades sobrelotadas e a longas esperas, com partidos da oposição, médicos e enfermeiros a culpar o ex-ministro da saúde.

Isenção de responsabilidade: Este conteúdo é criado por uma agência externa. As opiniões aqui expressas são dos respectivos autores/entidades e não representam as opiniões do Economic Times (ET). A ET não garante, patrocina ou endossa qualquer Conteúdo e não é de forma alguma responsável por ele. Por favor, tome todas as medidas necessárias para garantir que todas as informações e conteúdos fornecidos sejam corretos, atualizados e verificados. A ET se isenta de quaisquer garantias, expressas ou implícitas, com relação ao relatório e seu conteúdo.

Isabela Carreira

"Organizador sutilmente encantador. Ninja de TV freelancer. Leitor incurável. Empreendedor. Entusiasta de comida. Encrenqueiro incondicional."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *