Notícias esportivas de hoje: o que você precisa saber

Os Black Caps têm uma vantagem de 115 corridas após o segundo dia de sua segunda partida da turnê contra uma seleção do condado em Chelmsford.

Foto: FOTO ESPORTES

Depois que a Nova Zelândia registrou 362 all-outs em suas primeiras entradas, a Nova Zelândia conseguiu 247 para o condado.

O spinner Ajaz Patel liderou por 3-32 de 16 overs, enquanto Sears Kyle Jamieson e Blair Tickner foram mais caros, mas sofreram dois wickets cada.

Os Black Caps se enfrentaram em seu segundo turno e passaram ilesos por 0-0.

Anteriormente, os visitantes inflavam sua pontuação nas primeiras entradas graças a alguns poderosos socos de ordem inferior.

Depois de Matt Henry estar invicto aos 65, Cam Fletcher (50 não fora) e Patel (36 não fora) colocaram um nono wicket invicto total de 64.

-RNZ

Fox no comando do Aberto da Holanda

O golfista neozelandês Ryan Fox liderou o ranking durante o segundo dia do Aberto da Holanda.

Depois de começar com uma rodada de abertura sólida de dois abaixo do par, Fox disparou uma rodada de cinco abaixo do par 67 no sábado (horário da Nova Zelândia) para empatar em quinto lugar.

O jogador de golfe neozelandês Ryan Fox

Foto: FOTO ESPORTES

O Aucklander misturou cinco birdies e uma águia no par-5 12º com dois bogeys a mover com três remates do líder Ricardo Gouveia de Portugal.

Enquanto isso, um decepcionante um-over-par na segunda rodada viu Steven Alker cair de líderes conjuntos para o terceiro lugar no Campeonato Sênior da PGA em Michigan.

O Alker em boa forma disparou uma excelente ronda de abertura com sete abaixo do par 64.

Mas ele lutou para continuar no segundo dia, fazendo dois bogeys e apenas um birdie para ficar duas tacadas atrás dos líderes conjuntos Stephen Ames e Scott McCarron.

Michael Campell terminou em 30º lugar depois de garantir uma rodada de abertura equilibrada com uma segunda rodada.

-RNZ

Lawson é liberado da pole em Mônaco

O neozelandês Liam Lawson foi destituído da pole position para a corrida de Fórmula 2 em Mônaco.

Lawson foi considerado culpado por não reduzir sua velocidade sob bandeira amarela depois que o líder do campeonato Felipe Drugovich atingiu o muro na qualificação.

Liam Lawson.

Liam Lawson no pit wall da equipe AlphaTauri.
Foto: foto esporte

Os comissários notaram que ele não reduziu visivelmente sua velocidade, apesar das bandeiras amarelas e da placa de luz amarela no marechal.

Como resultado, o melhor tempo de volta de Lawson foi descartado e seu segundo melhor tempo foi usado em seu lugar.

Ele largaria em quinto para a corrida longa, enquanto para a corrida de sprint ele seria o décimo primeiro no grid após uma queda adicional de cinco posições no grid.

– RNZ, F2

Carrington e Hoskin na final de 500m do K2

Dame Lisa Carrington alcançou outra final A na segunda regata da Copa do Mundo de Canoagem Sprint na Polônia.

Depois de vencer sua corrida e semifinal nos 500m K1 no primeiro dia, a pentacampeã olímpica se uniu a Alicia Hoskin nos 500m K2 no segundo dia.

A remadora neozelandesa Alicia Hoskin.

Foto: FOTO ESPORTES

Os atletas olímpicos de Tóquio terminaram em segundo lugar antes de conquistar uma vitória apertada na semifinal, derrotando a dupla francesa Manon Hostens e Lea Jamelot por 0,06 segundos.

Dos outros neozelandeses em ação no segundo dia, Ben Duffy e Kurtis Imrie venceram a bateria e se classificaram em quinto nas semifinais da final masculina de 500m B da K2.

Ashton Reiser e Ben McCallum terminaram em quinto em sua corrida e sétimo em sua semifinal para avançar para as finais C.

Olivia Brett e Tara Vaughn avançaram para as semifinais femininas de 200m K1, terminando em quarto e quinto em suas baterias.

James Munro e Zach Ferkins avançaram para as semifinais dos 500m K1 masculino depois de terminarem em terceiro em suas respectivas baterias.

Vênus até a terceira rodada em Roland Garros

Michael Venus e seu parceiro alemão Tim Pütz estão na terceira rodada das duplas masculinas do Aberto da França em Paris.

Os sétimos cabeças de chave venceram os franceses Benjamin Bonzi e Arthur Rinderknech por 6-4 e 6-4 em uma hora e 24 minutos.

Michael Venus da Nova Zelândia (esquerda) e Tim Pütz da Alemanha durante o Aberto da Austrália.

Foto: FOTO ESPORTES

Venus está emocionado com a forma como ele e Puetz cresceram juntos depois que o alemão perdeu a maior parte da temporada de saibro com uma lesão no tornozelo sofrida no Masters de Monte Carlo.

“Você nunca sabe exatamente o que vai acontecer”, disse ele.

“Mas foi ótimo estar de volta ao campo com ele e algumas das coisas em que trabalhamos nos treinos fizemos bem. Temos clareza sobre o que queremos alcançar individualmente e como equipe”.

Vênus e Pütz enfrentarão Jean-Julien Rojer e Marcelo Arevalo-Gonzalez ou os wildcards franceses Enzo Couacaud e Manuel Guinard por uma vaga nas quartas de final.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.