Novas restrições de água em Loulé devido à seca

Devido ao agravamento da seca em Portugal, o município de Loulé no Algarve decidiu a 16 de agosto “intensificar a sua resposta à escassez de água”. De acordo com um comunicado de imprensa, estão a ser implementadas novas medidas no plano de emergência municipal para a época seca.

Segundo a mesma fonte, a autarquia vai “prorrogar o encerramento das piscinas interiores de Loulé e Quarteira” até final de setembro, bem como das piscinas exteriores de Loulé e Salir “às segundas, terças e quartas-feiras” a partir de 22 de agosto. Com esta medida, a autarquia pretende poupar 4200 m3 de água, “o consumo médio de 420 casas durante um mês inteiro”.

No que diz respeito às instalações desportivas públicas, serão tomadas medidas para “reduzir o consumo de água por parte dos utentes e colaboradores”, começando pela redução da pressão da água nas torneiras e chuveiros, passando pela instalação de temporizadores nos chuveiros.

É também decidida a redução ou mesmo a cessação da irrigação dos espaços verdes públicos. Assim, sempre que possível, a rega é feita “à mão e com água das Bicas Velhas”. As nascentes de Bicas Velhas também podem servir como fonte alternativa de recursos hídricos “para lavar ruas e calçadas”.

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *