Novos embaixadores chegam a Taiwan e Honduras

TAIPEI, 5 jul (CNA) O novo embaixador de Honduras em Taiwan e o novo embaixador de Taiwan em Honduras chegaram a seus respectivos países anfitriões antes de suas nomeações oficiais, informou o Ministério das Relações Exteriores (MOFA) na terça-feira.

O embaixador Harold Burgos, ex-adido cultural da embaixada hondurenha em Taipei, chegou a Taiwan em 27 de junho e atualmente está passando por medidas necessárias de quarentena e autogestão da saúde, Florencia Hsie (謝妙宏), chefe do Departamento de Assuntos Latino-Americanos e Caribenhos no Departamento de Estado, disse em entrevista coletiva.

Hsie disse que Burgos, graduado pela Universidade Nacional Chengchi de Taiwan, foi uma escolha sábia para o cargo de embaixador, dada sua profunda compreensão da política, economia e desenvolvimento social de Taiwan.

Hsie acrescentou que o ministério está fazendo arranjos para que o novo embaixador apresente suas credenciais ao ministro das Relações Exteriores Joseph Wu (吳釗燮) e ao presidente Tsai Ing-wen (蔡英文), o que permitiria que Burgos assumisse oficialmente o cargo.

Burgos substitui Eny Yamileth Bautista Guevara, que deixou o cargo de embaixador no mês passado.

Enquanto isso, o Ministério das Relações Exteriores disse que a nova embaixadora de Taiwan em Honduras, Vivia Chang (張俊菲), chegou ao país centro-americano em 30 de junho.

Chang, representante de Taiwan em Portugal desde 2019, substitui Diego Wen (溫曜禎), que está viajando para o Brasil.

De acordo com Hsie, Chang já apresentou uma cópia de suas credenciais ao chanceler hondurenho e está esperando para apresentar a carta original ao presidente hondurenho Xiomara Castro para iniciar oficialmente sua missão de embaixador.

A vitória de Castro nas eleições presidenciais de 28 de novembro fez dela a primeira presidente mulher do país da América Central.

A esposa de 62 anos do ex-presidente hondurenho deposto José Manuel Zelaya já havia levantado preocupações sobre os laços diplomáticos de 81 anos do país centro-americano com a República da China, nome oficial de Taiwan, depois de dizer durante sua campanha eleitoral que mudaria Reconhecimento para Pequim.

No entanto, depois de se encontrar com o vice-presidente de Taiwan, Lai Ching-te (賴清德), ​​em sua posse em janeiro, Castro disse que espera manter vivos os laços entre Taipei e Honduras.

(Por Joseph Yeh)

item final/ASG

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.