O Senado dos EUA aprova legislação para fortalecer os laços EUA-Portugal

WASHINGTON, DC – O Senado dos EUA aprovou legislação para melhorar as relações comerciais e de investimento entre Portugal e os Estados Unidos.

Apresentado pelos senadores Sheldon Whitehouse (D-RI) e Cong. David N. Cicilline (DR.I.), Advancing Common Interests and Growing Our Success Act (AMIGOS) – que qualificará cidadãos portugueses para vistos temporários de comércio (E-1) e investidor (E-2) – agora à espera do Presidente Autógrafo de Joe Biden.

“Gerações de imigrantes portugueses fizeram contribuições duradouras para a cultura e economia de Rhode Island”, disse o senador Whitehouse em um comunicado preparado, depois que o projeto foi aprovado pelo Senado em 15 de dezembro. “A nossa Lei AMIGOS bipartidária fortalece a nossa relação económica com Portugal e promove o investimento na criação de emprego nos Estados Unidos, e aguardo com expectativa que o Presidente a sancione.”

O DPR aprovou a Lei AMIGOS exatamente uma semana antes.

Representante David Cicilline

“Os luso-americanos e os cidadãos portugueses ajudaram a fazer de Rhode Island o estado que é hoje,” Cong. disse Cicillin. “Os membros da nossa próspera comunidade luso-americana fazem ricas contribuições para o tecido do nosso país nas artes, cultura, negócios e serviço público. A quebra das barreiras que atualmente limitam o investimento português em negócios e projetos americanos irá fomentar a já forte relação entre os nossos dois países.”

De acordo com o site dos Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS), o visto de não-imigrante E-1 permite que cidadãos de países com os quais os Estados Unidos tenham um acordo comercial e de navegação (conhecido como país de tratado) sejam admitidos nos EUA para até dois anos para exercer a atividade comercial internacionalmente em nome próprio.

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *