Parlamento de Portugal está a investigar possível invasão de site no dia das eleições

O Parlamento português está a investigar alegações de um possível ataque cibernético ao seu site durante as eleições gerais do país.

Um grupo de hackers alegou ter invadido o site do Parlamento português e “roubado informação sensível”.

O site oficial do Parlamento ficou brevemente indisponível na França na noite de domingo.

Um porta-voz disse que está investigando um possível ataque cibernético, mas disse que “atualmente não há evidências” de um.

O departamento de informática do parlamento “está a gerir todas as ferramentas para investigar o assunto”, disse João Amaral, director de comunicação da agência noticiosa LUSA.

Toda a informação no site do Parlamento português “é pública e transparente”, acrescentou.

A mídia portuguesa informou que o Grupo Lapsu$ realizou um ataque cibernético anteriormente direcionado às principais organizações de mídia do país.

No início deste mês, o mesmo grupo interrompeu os serviços do Grupo Impresa, enviando até alertas de notícias falsas para os clientes do grupo de mídia.

O incidente ainda está a ser investigado pela polícia portuguesa e pelo Centro Nacional de Cibersegurança.

Os eleitores portugueses elegerão um novo parlamento em eleições antecipadas no domingo, o que deverá resultar em mais um governo minoritário.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.