PJ investiga ataque cibernético à Vodafone – The Portugal News

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar um ataque informático à operadora de telecomunicações Vodafone.

Numa altura em que o ataque estava a ser investigado pela Unidade Nacional de Combate à Criminalidade Cibernética e Tecnológica da PJ, a mesma fonte apelou às empresas a investirem e “usarem a segurança informática” para enfrentar a “nova realidade” ou seja, a cibercriminalidade associada aos modernos tecnologia. .

A fonte, que falou à Lusa, recusou-se a comentar se o ataque informático à Vodafone se baseou numa tentativa de chantagem por parte de hackers.

No entanto, a operadora reconheceu hoje que foi alvo de um ataque cibernético na segunda-feira e disse que não havia evidências de que os dados do cliente tivessem sido acessados ​​e/ou comprometidos, e estava determinada a restaurar a normalidade dos serviços.

A empresa explicou que foi alvo de um “ataque cibernético deliberado e malicioso” com o objetivo de causar danos e interrupções.

Acrescentou que logo que foram detectados os primeiros sinais de problemas na rede, actuaram “de imediato para identificar e fazer face aos efeitos e restabelecer os serviços” e explicou que a situação afectava a prestação de serviços baseados em redes de dados, nomeadamente 4G/5G Redes, serviços fixos de voz, televisão, SMS e atendimento de voz/digital.

“Restauramos os serviços móveis de voz e dados móveis disponíveis exclusivamente em redes 3G em quase todos os países, mas, infelizmente, a escala e a gravidade da atividade criminosa que sofremos implica um trabalho de recuperação cuidadoso e prolongado envolvendo várias equipas nacionais e internacionais. parceiros externos”, acrescentou a empresa, sublinhando que esta recuperação irá ocorrer progressivamente ao longo do dia.

Elite Boss

Leave a Reply

Your email address will not be published.