Polícia procura mulher desaparecida no Algarve

A pessoa desaparecida tem cerca de 30 anos e “alguns problemas de saúde mental, como a bipolaridade”, segundo a polícia.

Esforços têm sido feitos para localizar hoje a mulher identificada por CM como Tânia Fernandes.

António Ramalho, oficial de relações públicas do Comando Territorial de Faro da GNR, disse à Lusa: “[After the
disappearance alert] A localização do celular foi solicitada imediatamente, mas conseguimos a localização do celular no dia seguinte [the device] não estava lá”, acrescentou o funcionário.

As autoridades acabaram por encontrar o carro da mulher “junto à igreja de Cabanas de Tavira” e “no interior estava o seu telemóvel, documento de identificação e dinheiro”, disse a mesma fonte, sublinhando que “estão a ser feitas buscas e diligências para a localizar”. .

“Todos os tipos de instituições foram alertados – polícia marítima, bombeiros – e as medidas estão em andamento [search] O escopo está se expandindo, mas até agora não houve sucesso”, continuou ele.

Até às 15h30, 16 pessoas assistidas por sete viaturas estavam envolvidas na operação de busca e salvamento terrestre em Cabanas de Tavira, de acordo com o site da Agência Nacional de Defesa Civil.

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *