POLÍTICA DO HIDROGÉNIO: Portugal anuncia regime de apoio ao hidrogénio renovável

LONDRES (ICIS) – O governo português anunciou, a 4 de janeiro, a realização de um concurso para o fornecimento de hidrogénio e biometano renovável, com o objetivo de substituir o gás natural por gás renovável.

O processo de licitação visa apoiar fornecedores de gás natural com hidrogênio suficiente ou biometano renovável para substituir 1% dos volumes de gás natural para aqueles cujo fornecimento aos clientes finais exceda 2.000 GWh/ano.

Dados do ICIS mostram que a demanda total de gás de Portugal é de cerca de 60TWh até 2022, o que resultaria em uma demanda de energia de 600GWh/ano para substituir 1% por biometano ou hidrogênio renovável.

TERMOS DO SISTEMA DE COMPRAS

O concurso delineado pelo governo português refere que visa estipular 120GWh/ano de hidrogénio renovável e 150GWh/ano de biometano, oferecendo subsídios máximos de 127€/MWh para o hidrogénio e 62€/MWh para o biometano.

A expectativa é de que o contrato tenha duração de 10 anos.

Como condição do contrato, o fabricante deve obter autorização para conectar ao sistema de transporte de gás. Isso pode significar que os produtores de hidrogênio não precisam de armazenamento de hidrogênio, pois a produção pode ser canalizada diretamente para a rede de gás, reduzindo os custos gerais do projeto.

O mecanismo de compra – embora liste “hidrogênio renovável” – não especifica nenhuma condição específica para a produção de hidrogênio além de afirmar que o hidrogênio é produzido usando eletricidade renovável e eletrólise.

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *