Portugal altera leis para atrair trabalhadores estrangeiros

LISBOA: Portugal reformou suas leis de imigração para atrair trabalhadores estrangeiros, pois enfrenta escassez de mão de obra no turismo e na construção.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, aprovou na quinta-feira uma nova lei que concede aos estrangeiros que procuram trabalho vistos temporários de 120 dias, prorrogáveis ​​por 60 dias. A medida entrará em vigor nos próximos dias.

A mudança também foi pensada para tornar mais fácil para os nômades digitais – aqueles que trabalham online sem precisar de um local fixo de negócios – para trabalhar em Portugal.

“Portugal precisa de imigrantes” pela sua “demografia, economia e cultura”, disse a Ministra dos Assuntos Parlamentares de Portugal, Ana Catarina Mendes.

O setor de turismo da nação ibérica foi duramente atingido pela pandemia de coronavírus e precisa de cerca de 50.000 funcionários adicionais, disse terça-feira a ministra do Turismo, Rita Marques.

Receba as últimas notícias


enviado para sua caixa de entrada

Assine o boletim diário do The Manila Times

Ao me registrar com um endereço de e-mail, certifico que li e concordo com os Termos de Serviço e a Política de Privacidade.

As mudanças na lei ocorrem depois que Portugal assinou acordos com países de língua portuguesa, incluindo o Brasil, em julho de 2021 para facilitar a circulação de estudantes e trabalhadores entre os países.

O número de estrangeiros a residir em Portugal aumentou 40 por cento na última década, de acordo com o último censo realizado em 2011.

Isso é mais de 550.000 da população de 10,3 milhões do país, mas não é suficiente para reverter o declínio populacional observado durante este período.


Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.