Portugal derrota a Turquia e enfrenta o assassino gigante da Macedônia do Norte por ingressos para o Catar

Os adeptos de Portugal no Estádio do Dragão ficaram surpresos quando o árbitro voltou da cabine de revisão de vídeo e apontou para o pênalti. (Outras notícias de futebol)

Onde eles vão testemunhar outro colapso tardio em casa que pode comprometer as esperanças da seleção nacional de chegar à Copa do Mundo?

Um pênalti aos 85 minutos deu à Turquia a chance de empatar depois que Portugal abriu uma vantagem de dois gols nas meias-finais de um playoff de qualificação europeia. Mas o pênalti de Burak Yılmaz logo acima da barra, deixando Portugal apurado.

Os anfitriões voltaram a marcar nos descontos na vitória por 3-1 de quinta-feira, que colocou Cristiano Ronaldo e Portugal mais perto do Mundial.

“Não podemos deixar isso acontecer. Controlamos o jogo”, disse o técnico de Portugal, Fernando Santos. “Perdemos alguma intensidade, mas no final os jogadores responderam bem. Se o pênalti tivesse ido, poderia ter sido difícil para nós.”

Foi um gol aos 90 minutos contra a Sérvia, em novembro, em Lisboa, que relegou Portugal aos playoffs de qualificação, tendo destruído todas as chances de terminar como vencedor do grupo.

As esperanças de Ronaldo de chegar ao 10º grande torneio consecutivo agora se transformarão em um confronto do vencedor leva tudo contra a Macedônia do Norte, que conquistou uma impressionante vitória por 1 x 0 na Itália para acabar com as esperanças dos campeões europeus de chegar à Copa do Mundo. A partida contra a Macedônia do Norte acontece na terça-feira, em Portugal.

“Agora temos que nos concentrar na Macedônia do Norte”, disse Santos. “Se eles conseguirem vencer a Itália, significa que também será muito difícil para nós”.

Portugal tenta apurar-se para o Mundial pela sexta vez consecutiva.

Ronaldo, de 37 anos, jogou em eventos de futebol quatro vezes seguidas. Ele também jogou em quatro Campeonatos Europeus consecutivos, conquistando o título em 2016.

Ronaldo é o único jogador a ter marcado pelo menos um golo na final de nove torneios consecutivos da primeira divisão, um recorde que começou no Euro 2004 em Portugal.

Otávio abriu o placar aos 15 minutos, com rebote de Bernardo Silva na trave, e Diogo Jota aumentou a vantagem com um cabeceamento aos 42 minutos, após assistência de Otávio.

Yılmaz puxou a Turquia para mais perto de um gol de pênalti aos 65 minutos, mas o segundo maior artilheiro de todos os tempos da seleção perdeu uma oportunidade de empatar quando seu chute de pênalti passou por cima da barra. Uma revisão de vídeo concedeu um pênalti por uma falta de José Fonte no Enes Unal.

“Ainda não falei com Yilmaz”, disse o seleccionador turco Stefan Kuntz. “Ele tem que se soltar. (Pênaltis) são oportunidades importantes para o time, mas às vezes você precisa de sorte, e isso não aconteceu conosco.”

Portugal selou a vitória com o suplente Matheus Nunes a marcar aos quatro minutos dos acréscimos.

Os turcos, que perdem apenas para a Holanda em seu grupo de classificação, estão tentando chegar à Copa do Mundo pela terceira vez, tendo disputado em 1954 e 2002, quando terminaram em terceiro depois de perder para o eventual campeão Brasil nas semifinais.

A última grande conquista da Turquia foi chegar às semifinais da Euro 2008, quando perdeu para Portugal na fase de grupos.

A falta de qualificação para Portugal pode significar o fim da seleção para o técnico Santos e os veteranos Pepe, Fonte e João Moutinho, todos com 35 anos ou mais.

Pepe é um dos principais jogadores ausentes de Portugal depois de testar positivo para o coronavírus esta semana. Outro defesa-central regular, Rúben Dias, está de fora devido a lesão. João Cancelo foi suspenso, e Anthony Lopes, Nelson Semedo, Renato Sanches e Rúben Neves também ficaram de fora devido a lesão.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.