Portugal deve focar no Mundial, não em Ronaldo: Dias – Sport

DOHA (Reuters) – O zagueiro Ruben Dias, de Portugal, disse nesta terça-feira que é hora de focar na Copa do Mundo e deixar o circo da mídia em torno da entrevista explosiva de Cristiano Ronaldo.

O zagueiro do Manchester City disse que, apesar da distração, os comentários de Ronaldo não prejudicaram a tentativa de seu país de vencer a competição pela primeira vez em sua história.

Ronaldo, que tem sido uma figura secundária para o Manchester United nesta temporada, criticou o clube e o técnico Erik ten Hag na semana passada em uma entrevista ao canal britânico TalkTV.

Depois, ele apareceu para compartilhar uma saudação fria com o companheiro de Portugal e United, Bruno Fernandes, e também foi fotografado segurando a cabeça de João Cancelo.

Mas Dias disse que era hora de seguir em frente.

“Não acho que a coisa do Cristiano tenha prejudicado o que estamos tentando alcançar aqui, então não posso dizer muito sobre isso”, disse Dias.

“Acho que já falamos o suficiente sobre isso, não há muito a acrescentar. Como equipe, vamos nos concentrar na Copa do Mundo agora e nada mais”.

Ronaldo, que tem o recorde mundial de 117 gols internacionais no futebol masculino, será o capitão do time em sua quinta Copa do Mundo.

O craque não se arrepende de sua entrevista, que causou alvoroço, ao dizer aos repórteres: “Falo quando quero”.

Portugal, vencedor do Euro 2016, está entre os favoritos no Catar, mas Dias se recusa a especular sobre até onde eles podem ir.

O zagueiro prefere focar no primeiro adversário de Portugal, Gana, que enfrentará na quinta-feira antes de seguir para Uruguai e Coreia do Sul.

“Estamos focados em vencer Gana”, disse Dias. “A melhor maneira de vencer é focar em um jogo de cada vez e essa é a melhor maneira de ter um caminho de sucesso pela frente.

“Gana é um time forte fisicamente, tecnicamente também. Eles têm futebolistas que jogam ao mais alto nível na Europa.

“Sabemos que estamos enfrentando um time muito perigoso. Estamos focados no que estamos a fazer, mas conscientes das dificuldades que o Gana vai trazer. Eles são fortes na transição ao recuperar a bola.”

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *