Portugal envia 1.440 militares para missões no exterior

De acordo com um documento oficial das Forças Armadas, Portugal prevê o destacamento de 1.440 militares dos três ramos das Forças Armadas num total de 30 missões internacionais às Forças Nacionais Destacadas (FDN) no estrangeiro em 2022.

De acordo com informação pública publicada no site do EMGFA em Janeiro, este ano Portugal está a participar em nove missões da NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte), sete da União Europeia (UE), três das Nações Unidas (ONU) e 11 no âmbito bilateral. e acordos multilaterais.

Face a 2021, Portugal está a reduzir o seu contingente em 266 militares, mas este ano participa em mais três operações.

No geral, a OTAN é a organização que fornece o maior número de militares envolvidos em todas as suas missões, mas, como em 2021, a Missão de Estabilização Integrada Multidimensional das Nações Unidas na República Centro-Africana (MINUSCA) em Bangui continua a fornecer o maior número de acomodações. Soldados portugueses: 235 no total.

Como parte da Aliança Atlântica, Portugal planeja implantar 776 soldados, três navios, 47 veículos táticos e seis aeronaves este ano.

Atualmente, segundo o site oficial do EMGFA, Portugal participa em 16 missões ativas no estrangeiro, tem 426 militares dedicados, 51 fundos envolvidos e está presente em 13 países.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *