Portugal vive o maior declínio populacional dos últimos 50 anos

Crédito da imagem: AP/REPRESENTATIONAL.

Portugal vive o maior declínio populacional dos últimos 50 anos.

Em 2021, Portugal registou uma população residente de 10.347.892 pessoas, o que representa o maior decréscimo populacional dos últimos 50 anos, de acordo com os resultados dos censos publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Esta é uma queda de 2 por cento em relação a 2011, a agência de notícias Xinhua citou os resultados do censo divulgados na quarta-feira.

Segundo o INE, no ano passado havia também menos 214.286 habitantes do que na última década.

“No que diz respeito ao censo, a única década em que houve um declínio populacional foi entre 1960 e 1970”, refere o INE em comunicado.

De acordo com uma análise do Presidente do INE, Francisco Lima, Portugal registou um saldo migratório positivo, mas “não suficiente para compensar o declínio populacional do país nos últimos 10 anos”.

Segundo Lima, apenas as regiões de Lisboa e Algarve do sul de Portugal registaram crescimento populacional, sugerindo que existe “uma clara concentração em torno da capital do país” com “zonas do interior a perder população”.

O censo foi realizado entre 5 de abril e 31 de maio, com 99,3% das respostas da população chegando por meio de canais digitais da internet.

Últimas notícias do mundo

Elite Boss

Leave a Reply

Your email address will not be published.