Proibição do óxido nitroso – The Portugal News

Segundo o jornal Diário da República, o óxido nitroso, conhecido como gás hilariante, passou a constar da lista de substâncias psicoativas proibidas.

A proibição do óxido nitroso entrou em vigor a 7 de setembro, depois de o decreto ter sido assinado pelo vice-ministro de Estado e da Saúde António Lacerda Soares.

O Diário da República observa que a substância é o mais recente aditamento ao Decreto sobre Substâncias Psicoativas de abril de 2013 e que “representa um risco significativo para a saúde pública devido à ligação entre o seu consumo por ingestão, inalação ou outras vias administrativas”. A lei também enfatizou sua associação com distúrbios psiquiátricos, incluindo episódios psicóticos, bem como complicações cardíacas graves”.

A inclusão do óxido nitroso na lista de substâncias psicoativas proibidas justifica-se porque “é utilizado para fins recreativos e não para fins industriais e médicos”. A lei também afirma que, quando consumido, o óxido nitroso produz efeitos eufóricos, analgésicos e ansiolíticos, acompanhados de alteração sensorial na percepção do espaço e do tempo e desorganização da coordenação motora. Efeitos sérios a longo prazo foram descritos, incluindo danos ao sistema imunológico, alterações de memória e outros danos neurológicos”.

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.