Protesto contra o fechamento de duas agências bancárias

Vários protestos estão previstos para hoje, devido ao encerramento das agências da Caixa Geral de Depósitos (CGD) em Lisboa e Barreiro e do BCP em Montalegre, numa altura em que a atividade bancária está a reduzir a sua rede de retalho.

Em Lisboa, protestos contra o encerramento do balcão da Rua Luís de Camões CGD, organizados pela Comissão de Utentes Contra Encerramento da Sucursal da Caixa Geral de Depósitos (CGD). No Barreiro o protesto, também contra o encerramento do balcão da CGD, será organizado pela Comissão de Utentes do Serviço Público do Barreiro. Por fim, em Montalegre, Vila Real, haverá uma manifestação contra o encerramento da Sucursal do Banco Millennium, na freguesia de Salto.

O Sindicato dos Empresários do Grupo CGD (STEC) disse a 12 de agosto que a direção da CGD pretende “fechar mais 23 sucursais em Portugal Continental” este mês.

“A STEC está ciente de que a gestão da CGD, na sequência do anúncio recente de um enorme lucro de 486 milhões de euros no primeiro semestre de 2022, reduziu ainda mais os custos e encerrou mais 23 balcões durante este agosto, com maior incidência nas regiões de Lisboa e Porto,’ disse o sindicato em comunicado enviado para depois de amanhã.

Os sindicatos “parafraseando as razões” desta posição, e que a vontade de “reduzir gastos” levou a uma “desvalorização da capacidade da CGD em relação aos bancos públicos”, sugerindo que existe “inevitável congestionamento de balcões nesta área”.

De igual modo, o STEC aponta que desde 2012 houve uma “perda” de 3.300 trabalhadores e o encerramento de “mais de 300 balcões” da Caixa em Portugal.

O BCP, de acordo com a informação de receitas divulgada no primeiro semestre do ano, disse que “continua a implementar um conjunto de medidas para manter a disciplina da gestão de custos, incluindo o redimensionamento da rede de balcões em Portugal, que passou de 458 balcões a 30 de junho de 2021. Eles também destacam que a agência 415, no final de junho de 2022, tem um impacto de longo alcance nos itens que compõem as outras despesas administrativas”.

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *