Seca em Portugal piora, precipitação cai para média de 7%

A seca de inverno em Portugal está a piorar

LISBOA, Portugal – A seca de inverno em Portugal está piorando, com a agência meteorológica nacional relatando segunda-feira que 91% do país está enfrentando condições de seca “graves” ou “extremas”.

A precipitação média de 1 a 15 de fevereiro é de apenas 7% da média em um período de 30 anos, disse o IPMA.

Acrescentou que não são esperadas chuvas significativas para o resto do mês, enquanto as temperaturas devem permanecer acima do normal e a seca piorar.

O governo português já restringiu o uso de reservatórios para a produção de energia hidrelétrica, para economizar água para consumo público, e os agricultores pedem ajuda financeira devido à falta de pasto para o gado.

Períodos de seca não são incomuns em Portugal, mas o país viu um aumento na frequência de seca nos últimos 20-30 anos, dizem os cientistas do IPMA.

As últimas secas ocorreram em 2005, 2012 e 2017.

Cientistas preveem que Portugal terá uma redução média de 20% a 40% na precipitação anual até o final do século.

———

Acompanhe a cobertura climática da AP em http://apnews.com/hub/climate

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.