Segundo comunicado sobre a guerra da Rússia contra a Ucrânia e o esporte internacional

A campanha não provocada e injustificável da Rússia contra a Ucrânia, apoiada pelo governo bielorrusso, é abominável e uma violação flagrante das suas obrigações internacionais. O respeito pelos direitos humanos e as relações pacíficas entre as nações formam a base do esporte internacional.

Como um coletivo de nações com ideias semelhantes, reafirmamos nossa declaração de 8 de março e, embora reconhecendo a autonomia das organizações esportivas, continuamos reafirmando a posição de nossos governos:

Nos casos em que organizações esportivas nacionais e internacionais e outros organizadores decidam permitir que atletas (incluindo atletas, oficiais e administradores) da Rússia e da Bielorrússia participem de eventos esportivos:

Apelamos a todas as federações desportivas internacionais para que tenham em conta estes princípios, aplaudimos aqueles que já tomaram medidas e encorajamos as nossas federações desportivas nacionais a defendê-los com as suas federações internacionais. Essas restrições devem ser aplicadas até que a cooperação no âmbito da ordem internacional baseada em regras seja novamente possível.

Além disso, reiteramos nosso encorajamento para que a comunidade esportiva internacional continue a mostrar sua solidariedade com o povo da Ucrânia, inclusive apoiando a continuação e reconstrução do esporte ucraniano sempre que possível.

  • Austrália: A deputada Hon Anika Wells, Ministra de Cuidados aos Idosos e Ministra do Esporte

  • Áustria: Vice-Chanceler Werner Kogler, Ministro das Artes e Cultura, Função Pública e Desporto

  • Bélgica: Valérie Glatigny, Ministra do Ensino Superior, Educação de Adultos, Investigação Científica, Hospitais Universitários, Assistência Juvenil, Justiça, Juventude, Desporto e Bruxelas Promoção da Comunidade Francófona. Esta assinatura vincula a Comunidade Francófona, a Comunidade Flamenga e a Comunidade Alemã da Bélgica.

  • Canadá: O Honorável Pascale St-Onge, Ministro dos Esportes

  • Croácia: Dra. Nikolina Brnjac, Ministra do Turismo e Esportes

  • Chipre: Prodromos Prodromou, Ministro da Educação, Cultura, Desporto e Serviços Juvenis

  • República Checa: Filip Neusser, Presidente da Agência Nacional do Desporto

  • Dinamarca: Ane Halsboe-Jørgensen, Ministra da Cultura

  • Estónia: Liina Kersna, Ministra da Educação e Investigação no âmbito das competências do Ministro da Cultura

  • Finlândia: Petri Honkonen, Ministro da Ciência e Cultura

  • França: Amélie Oudéa-Castéra, Ministra do Esporte e dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

  • Alemanha: Mahmut Özdemir MP, Secretário de Estado Parlamentar no Ministério Federal do Interior e da Pátria

  • Grécia: Lefteris Avgenakis, Vice-Ministro do Desporto

  • Islândia: Ásmundur Einar Daðason, Ministro da Educação e Crianças

  • Irlanda: Jack Chambers TD, Ministro de Estado do Esporte e Gaeltacht

  • Itália: Valentina Vezzali, Secretária de Estado do Desporto

  • Japão: HE SUEMATSU Shinsuke, Ministro da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia

  • República da Coreia: PARK Bo Gyoon, Ministro da Cultura, Esportes e Turismo

  • Letônia: Anita Muižniece, Ministra da Educação e Ciência

  • Liechtenstein: SE Dominique Hasler, Ministro dos Negócios Estrangeiros, Educação e Desporto

  • Lituânia: Dr. Jurgita Šiugždinienė, Ministra da Educação, Ciência e Desporto

  • Luxemburgo: Georges Engel, Ministro do Desporto

  • Malta: Dra. Clifton Grima, Ministro da Educação, Juventude, Desporto, Investigação e Inovação

  • Holanda: Conny Helder, Ministra do Cuidado e do Esporte

  • Nova Zelândia: Hon Grant Robertson, Ministro do Esporte e Recreação

  • Noruega: Anette Trettebergstuen, Ministra da Cultura e Igualdade

  • Polônia: Kamil Bortniczuk, Ministro do Esporte e Turismo

  • Portugal: Ana Catarina Mendes, Ministra do Gabinete do Primeiro-Ministro e dos Assuntos Parlamentares (responsável pela juventude e desporto)

  • Romênia: Ministro do Esporte Carol-Eduard Novak

  • Eslováquia: Ivan Husar, Secretário de Estado do Desporto

  • Eslovênia: Dra. Igor Papič, Ministro da Educação, Ciência e Desporto

  • Espanha: Miquel Octavi Iceta i Llorens, Ministro da Cultura e do Desporto

  • Suécia: Anders Ygeman, Ministro da Integração e Migração

  • Reino Unido: A deputada Rt Hon Nadine Dorries, Secretária de Estado para Digital, Cultura, Mídia e Esporte

  • Estados Unidos da América: Elizabeth Allen, Oficial Sênior de Diplomacia Pública e Relações Públicas

  • Fernão Teixeira

    "Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado.