Técnico de futebol de Portugal, Santos deixa o cargo após a Copa do Mundo

Fernando Santos deixou o cargo de seleccionador de Portugal depois de a sua selecção ter perdido frente a Marrocos nos quartos-de-final do Mundial, anunciou esta quinta-feira a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Portugal sofreu uma surpreendente derrota por 1 a 0 para o Marrocos no Catar no sábado, depois que o Santos começou no banco com o maior artilheiro da história do país, Cristiano Ronaldo. “Depois de uma das melhores participações de sempre da selecção nacional nas fases finais do Mundial… A FPF e Fernando Santos entendem que este é o momento certo para iniciar um novo ciclo”, refere a FPF em comunicado.

Santos, amplamente criticado por suas táticas, tornou-se técnico de Portugal em 2014 e liderou o país em 109 jogos. Eles venceram o Campeonato Europeu em 2016 e a primeira Liga das Nações da UEFA em 2018/19. “Além dos títulos conquistados, Fernando Santos tornou-se no treinador com mais jogos e vitórias”, referiu a FPF. “Foi uma honra ter um treinador e uma pessoa como o Fernando Santos à frente da selecção nacional.”

A FPF disse que seu conselho agora começará a selecionar um novo gerente.

(Esta história não foi editada pela equipe do Devdiscourse e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)

Marco Soares

Entusiasta da web. Comunicador. Ninja de cerveja irritantemente humilde. Típico evangelista de mídia social. Aficionado de álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *