Trabalhador de hospital em Portugal tem variante do vírus omnicron

Um hospital do centro de Portugal encerrou os seus serviços pediátricos depois de um dos seus funcionários que esteve em contacto com membros de um clube de futebol infetado com a variante Omicron do coronavírus ter testado positivo para a mesma estirpe.

O hospital Garcia de Orta, em Almada, cidade vizinha da capital portuguesa, testou outros 28 trabalhadores que estiveram em contacto próximo com o caso positivo, segundo um comunicado divulgado na terça-feira, e todos deram negativo.

O hospital disse que fecharia os serviços pediátricos de emergência e ambulatorial por duas semanas.

As autoridades de saúde portuguesas identificaram na segunda-feira 13 casos da variante do coronavírus Omicron entre membros de um clube de futebol profissional e estão a investigar se foi um dos primeiros casos notificados de transmissão local do vírus fora da África Austral.

O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge disse que um dos que testou positivo foi um jogador do clube de futebol Belenenses SAD, com sede em Lisboa, que viajou recentemente para a África do Sul, onde a variante Omicron foi identificada pela primeira vez.

(Isenção de responsabilidade: esta história é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído; apenas a imagem e a legenda podem ter sido retrabalhadas em www.republicworld.com.)

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.