Última guerra na Ucrânia: as forças russas abriram fogo ’14 vezes’ durante as primeiras três horas do cessar-fogo de Putin; Ucrânia diz ter uma pista sobre possíveis ‘ataques terroristas’ | noticias do mundo

As forças russas abriram fogo “14 vezes” nas primeiras três horas do cessar-fogo, afirma o governador de Lugansk

O bombardeio russo na região oriental de Luhansk “não parou por um momento”, apesar das alegações do Kremlin de que houve um cessar-fogo no Natal, e as forças armadas abriram fogo “14 vezes”, relata o governador da região, Serhiy Haidai.

Em uma declaração no Telegram, Haidai disse: “A ‘trégua de Natal’ de Putin: o bombardeio russo na região de Luhansk não parou por um momento, interrompido apenas para a entrega de projéteis na terra dos mentirosos”.

Ele também afirmou que as tropas russas dispararam 14 vezes com artilharia e “invadiram um de nossos assentamentos três vezes” nas primeiras três horas do cessar-fogo.

Para contexto: Ontem, Vladimir Putin anunciou que as tropas russas observariam um cessar-fogo de 36 horas na Ucrânia por causa da celebração do Natal ortodoxo.

Mas o anúncio foi recebido com ceticismo por autoridades ucranianas e ocidentais, que dizem que a Rússia tem um motivo oculto.

Relatórios surgiram hoje de que as forças russas e ucranianas trocaram tiros de artilharia nas linhas de frente, mesmo após a ordem de cessar-fogo de Moscou.

Nas horas que antecederam o cessar-fogo, foguetes atingiram um prédio de apartamentos na cidade ucraniana de Kramatorsk, perto da Frente Oriental, danificando 14 casas.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que suas tropas começaram a honrar o cessar-fogo “ao longo de toda a linha de contato” no conflito a partir das 12h, horário de Moscou, mas disse que a Ucrânia continua bombardeando áreas populosas e posições militares.

Enquanto isso, na capital regional de Donetsk, controlada pela Rússia, perto da linha de frente, uma testemunha disse à Reuters que viu artilharia sendo disparada de posições pró-Rússia nos arredores da cidade depois que o cessar-fogo estava prestes a entrar em vigor.

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *