Um sonho trazido de Bangladesh para Portugal

Enquanto alguns são tentados a desistir de seus sonhos após um grande obstáculo, a história de Siraj Ullah Khadem ilustra as oportunidades que podem ser encontradas quando um indivíduo nunca para de perseguir seus sonhos, apesar das cruéis reviravoltas do destino.

Mais conhecido como Nipu na Irmandade de Críquete, Sirajullah era um dos jovens jogadores de críquete mais brilhantes de Bangladesh e foi apontado como candidato à seleção nacional. Um rebatedor canhoto de nível médio que também poderia ser útil com suas entregas de ritmo médio, ele era considerado um dos melhores jovens polivalentes do país, jogando em todas as equipes nacionais de faixas etárias, Dhaka Premier League e Bangladesh Competições de primeira classe.

Ele até jogou por Bangladesh na Copa do Mundo Sub-19 da ICC no Sri Lanka em 2006, ao lado de leais jogadores de críquete de Bangladesh como Shakib Al Hasan, Tamim Iqbal e Mushfiqur Rahim.

Mas Nipu caiu depois de sofrer uma lesão no olho esquerdo em 2009, levando à sua eventual aposentadoria do críquete profissional. “Aconteceu em 2009, quando eu estava treinando em Habiganj para me preparar para a próxima liga de Dhaka. Uma bola atingiu meu olho esquerdo quando bati nas redes e tive que correr para o hospital. Fiz o que pude para superar a lesão. Eu queria muito voltar ao campo, mas também tive algumas limitações na época”, disse Nipu.

O período que se seguiu foi provavelmente o mais difícil da vida de Nipu e em 2014 o jogador de críquete Brahmanbariano decidiu resolver o problema com as próprias mãos e buscar um novo começo em Portugal.

Mas como diz o ditado, você pode deixar um lugar, mas não sua paixão. Apesar de sua mudança para Portugal, Nipu encontrou uma maneira de se reconectar com o críquete e, depois de se recuperar de sua lesão, começou a viver seu sonho de se tornar um jogador internacional de críquete novamente.

Nipu começou a jogar a competição nacional T20 organizada pela Portugal Cricket Board e iniciou também o processo de obtenção da nacionalidade portuguesa, que se tornou em 2020.

Neste ponto, Nipu, que havia mudado de velocidade média para virar à esquerda, atraiu a atenção com suas performances gerais.

No ano passado, Nipu foi selecionado para a seleção nacional de críquete de Portugal. Ele representará o país europeu nas próximas eliminatórias da ICC T20 World Cup 2024 na Bélgica.

“Foi uma decisão difícil para mim deixar o país e me mudar para Portugal porque não tinha certeza se poderia jogar aquele jogo novamente. Eu costumava sonhar em representar Bangladesh no críquete internacional, mas isso foi brutalmente destruído. Quando vim para Portugal, comecei a sonhar em voltar a jogar críquete internacional, mesmo que seja por Portugal”, disse Nipu ao telefone.

“Estou muito orgulhoso por representar uma selecção nacional. Espero que um dia Portugal defronte o Bangladesh no críquete internacional e eu possa competir com os meus amigos Shakib, Tamim e Mushfiqur”.

Nipu, que atualmente joga pelo Alexandra Cricket Club na Middlesex County League, no Reino Unido, pode servir de inspiração para os jovens jogadores continuarem perseguindo seus sonhos, apesar dos contratempos da vida.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.