Walid Regragui quer que o Marrocos acabe com a ‘impagável’ Copa do Mundo em grande escala

Walid Regragui admite que gostaria que o Marrocos encerrasse sua campanha na Copa do Mundo em alta, enquanto se prepara para enfrentar a Croácia na disputa do terceiro lugar.

Walid Regragui admitiu que vai Marrocos empurrar para o terceiro lugar Campeonato Mundial com uma vitória sobre a Croácia no Khalifa International Stadium no sábado.

Como a primeira nação africana a chegar às semifinais do torneio, o Marrocos derrotou a França durante grande parte do confronto de quarta-feira, antes de perder por 2 a 0.

Apesar da decepção de não ter vencido um jogo contra a Argentina na final, o Atlas Lions ainda teve uma passagem memorável no Catar.

Depois de liderar um grupo com os adversários de sábado, Bélgica e Canadá, o Marrocos eliminou Espanha e Portugal nas oitavas de final e nas quartas de final, respectivamente.

É claro que Regragui admitiu que não sente as mesmas emoções sobre o play-off do terceiro lugar que sentiria na final.

©Reuters

Ainda assim, Regragui tem elogiado o feito da preparação para o seu sétimo jogo no mesmo torneio, depois de ter demorado 20 anos a realizar os seis jogos anteriores à presente edição.

Falando aos repórteres em uma conferência de imprensa, conforme citado por BBC SportRegragui disse: “Gostaríamos que as coisas tivessem sido diferentes e jogado na final. Ainda falta um jogo, gostaríamos de estar no pódio.

“Entendo que é importante terminar em terceiro ao invés de quarto, mas vou deixar claro que não chegamos à final. Queríamos jogar a final no domingo, não amanhã.

“Mas eu disse aos meus jogadores que este é o nosso sétimo jogo na Copa do Mundo. Se você dissesse a um torcedor do Marrocos que jogaríamos nosso sétimo jogo no dia 17 de dezembro, eles ficariam orgulhosos.”

“O Marrocos jogou seis partidas da Copa do Mundo em cerca de 20 anos e agora jogamos seis partidas em um mês – isso não tem preço. É como se tivéssemos jogado duas Copas do Mundo ou até mais, é lindo do ponto de vista da experiência.”

Quando as duas seleções se enfrentaram no Grupo F, em 23 de novembro, empataram sem gols sem inspiração, o que, devido às suas histórias contrastantes, foi visto como um resultado melhor para o Marrocos.

Marrocos vai ficar sem capitão Romain Saiss que teve de desistir do segundo jogo consecutivo contra a França devido a uma lesão no tendão.

ID:502109:1false2false3false:QQ:: da área de trabalho do banco de dados :LenBod:collect4528:Nenhuma informação sobre análise de dados

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *