A França está em chamas, preparando-se para a onda de calor que varrerá Espanha e Portugal

Emitida em:

Menos de um mês após a onda de calor anterior, os níveis de mercúrio na França começaram a subir na segunda-feira, enquanto o país se preparava para uma onda de calor esta semana que também atingirá Espanha e Portugal, onde as temperaturas chegaram a 42 graus Celsius em algumas partes.

O sul da França pode ver possíveis picos de 39 graus Celsius na terça-feira, já que o aquecimento global causa verões cada vez mais quentes.

A intensidade e a duração onda de calor ainda são difíceis de prever, de acordo com especialistas do serviço meteorológico nacional da França Météo France, mas na segunda-feira o mercúrio ultrapassou 30 graus Celsius em grande parte da França. Temperaturas de 36 a 38 graus Celsius são esperadas no sudoeste da França e no Vale do Ródano a partir de terça-feira.

Os primeiros alertas de onda de calor laranja podem ser lançados para algumas áreas em coordenação com as autoridades de saúde, de acordo com as autoridades francesas na quarta-feira.

As temperaturas podem chegar a 39°C em algumas partes da França na terça-feira e a onda de calor deve atingir o pico entre sábado e a próxima terça-feira, segundo a Meteo-France.

A última onda de calor foi causada por “um eixo de alta pressão entre Marrocos, França e as Ilhas Britânicas” trazendo ar muito quente do sul do Mediterrâneo, disse Matthieu Chevallier, da Meteo-France, durante uma entrevista coletiva especial na segunda-feira.

Onda de calor potencialmente “extraordinária” na Espanha

Na Espanha, as pessoas assaram com uma temperatura no centro de Candeleda que atingiu sufocantes 43,3 graus Celsius logo após as 18h, horário local, de acordo com a agência meteorológica espanhola AEMET.

Enquanto isso, na cidade de Sevilha, no sul, o mercúrio atingiu 42,4 graus Celsius.

As cidades do sudoeste de Badajoz e Mérida também registraram temperaturas de 42 graus.

A AEMET prevê 46 graus em Badajoz na quinta e sexta-feira, enquanto Sevilha vai queimar a 45 graus na quarta e quinta-feira.

“Esta onda de calor realmente tem potencial para ser extraordinária”, disse o porta-voz da AEMET, Ruben del Campo.

Temperaturas sobem em Portugal

No vizinho Portugal, as temperaturas subiram para mais de 44 graus no fim de semana, provocando incêndios florestais e enormes nuvens de fumaça visíveis na capital Lisboa.

Os bombeiros controlaram o maior incêndio na segunda-feira, depois que ele queimou partes do município central de Ourém, disseram autoridades locais.

Embora as temperaturas tenham diminuído um pouco em Portugal na segunda-feira, elas devem subir novamente nos próximos dias, com previsão de 44 graus para a cidade de Évora, no sudeste do país.

“Nos próximos dias veremos condições de risco máximo”, disse o primeiro-ministro português, António Costa.

“A menor desatenção pode levar a um incêndio de proporções consideráveis.”

As ondas de calor se tornaram mais frequentes devido às mudanças climáticas, dizem os cientistas. À medida que as temperaturas globais aumentam ao longo do tempo, espera-se que as ondas de calor se intensifiquem.

(FRANÇA 24 com AFP)

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *