Cidadão americano desaparecido no Algarve

A polícia procura uma mulher de 53 anos que está desaparecida desde 31 de maio. Com base em transações em caixas eletrônicos, sua família acredita que seu último paradeiro foi na Praia do Vau, Portimão.

Segundo o irmão, Dana Marie Tosta viajou sozinha para Portugal há cerca de três anos. “Desde então, Dana tem viajado pelo país vivendo principalmente como ‘sem-abrigo’, passeando pelas praias e, mais recentemente, pelas grutas à beira-mar em Portimão.”

Este cidadão americano da Califórnia vive em Portimão há sete meses e não tem amigos ou familiares conhecidos em Portugal. No entanto, ela está muito presente nas redes sociais e mantém contato diário com o namorado.

Mas de repente ela parou de postar. Ela não fala com a família desde 31 de maio e perdeu o aniversário do namorado em 8 de junho de 2022.

“Dana sofre de uma doença mental que vem piorando nos últimos anos. Dana também sofre de uma doença física, incluindo asma, e uma hérnia grave na parede abdominal que é do tamanho de uma bola grande saindo de seu lado. Em 30 de maio de 2022, Dana enviou uma mensagem no Facebook para seu pai informando que ela estava doente, com dor e morrendo. Devido à doença mental de Dana, ela não procurou tratamento para seus problemas médicos”, disse seu irmão.

De acordo com a descrição enviada por seu irmão, ela é uma fêmea adulta branca, pesando 165 quilos, com olhos e cabelos castanhos e um dente da frente ausente. Ela tem tatuagens na parte inferior das costas e na braçadeira esquerda.

No dia 15 de junho, a Polícia Judiciária confirmou esta As notícias de Portugal que estão investigando o caso.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.