Melhor do que qualquer outro livro na história do Reino Unido

Na terça-feira, a editora anunciou que o livro de memórias do príncipe britânico Harry, ‘Spare’, estabeleceu um novo recorde como o livro de não ficção mais vendido na história do Reino Unido. O livro, que está disponível em capa dura, e-book e áudio, vendeu impressionantes 400.000 cópias até o momento.

O sucesso do livro de memórias é uma prova da popularidade duradoura do príncipe Harry e do interesse público em sua vida e experiências.

Como diretor administrativo da Transworld Penguin Random House, Larry Finlay tem estado na vanguarda do sucesso da última sensação literária. Embora tenha grandes esperanças de sucesso, até ele está surpreso com a velocidade com que este livro está saindo das prateleiras.

Em uma declaração recente, Finlay explicou: “Tínhamos um forte pressentimento de que este livro seria bem recebido, mas a paixão com que foi recebido excedeu até mesmo nossas projeções mais otimistas.”

livro de Harry Spare

De acordo com as informações disponíveis, as únicas obras literárias que superaram as vendas do primeiro dia do livro atual foram as do popular personagem Harry Potter, escritas pela renomada autora JK Rowling. O palestrante Finlay se referiu a esse fenômeno literário em sua declaração.

Segundo a editora, as informações apresentadas provêm de uma análise das vendas de livros no Reino Unido.

Na terça-feira, a edição em espanhol do tão aguardado livro de Harry foi lançada oficialmente, para o deleite dos ávidos leitores. Infelizmente, um erro de planejamento resultou na disponibilização do livro antes do previsto. No entanto, as livrarias estavam lotadas de indivíduos ansiosos para obter uma cópia deste trabalho atraente, que investiga revelações íntimas sobre a família real britânica.

O lançamento do livro de Harry chamou a atenção global, pois contém uma série de acusações explosivas contra membros da família real britânica. Harry acusou seu pai, o rei Charles, de abuso e negligência e levantou acusações contra sua madrasta Camilla e seu irmão mais velho, o príncipe William, que é o herdeiro aparente do trono britânico. O conteúdo desta obra chocou o estabelecimento real, levando a um intenso escrutínio público e debate.








Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *