Incêndios no Algarve recomeçam na Quinta do Lago

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Assistência (CDOS) de Faro, a reativação ocorreu à tarde e “está agora a ser combatida de uma forma que ainda se encontra no local sob vigilância”.

“A reativação ocorreu na Quinta do Lago, no concelho de Loulé, mas esta é uma situação normal e o incêndio está a ser apagado para tentar resolvê-lo o mais rapidamente possível”, disse fonte do CDOS de Faro.

A mesma fonte apontou o vento como um possível fator a contribuir para a reativação, a par das altas temperaturas sentidas em Portugal nos últimos dias.

Em operações de vigilância e combate estiveram envolvidos 241 operacionais, com o apoio de 85 viaturas e quatro aeronaves, segundo dados disponíveis no site da Proteção Civil às 14h50.

O incêndio deflagrou inicialmente às 11h30 de terça-feira, perto do centro de Gambelas da Universidade do Algarve (freguesia de Montenegro) e local onde decorreu até domingo o Encontro Internacional de Motos de Faro.

Durante a madrugada de quarta-feira, o fogo alastrou-se ao concelho de Loulé.

Agora que o fogo está novamente ativo, os bombeiros tentam evitar que se propague, acrescentou fonte do CDOS em Faro.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.