Liderando as Leoas: Mary Phillip por ser a primeira capitã feminina negra da Inglaterra | notícias de futebol

Na última entrevista de Sky notícias esportivas’ A ex-capitã da Inglaterra Mary Phillip, que lidera a série Lionesses, explica sua carreira, o que significa usar a braçadeira e compartilha seus conselhos com a atual capitã Leah Williamson.

Phillip recebeu a braçadeira de capitão em 2003 e fez história ao se tornar a primeira mulher negra a capitanear a Inglaterra. Ela ganhou 65 jogos antes de se aposentar em 2008.

A ex-zagueiro do Arsenal e do Fulham começou sua carreira no futebol no Millwall Lionesses aos 12 anos antes de embarcar em uma carreira que a levou a vencer cinco Premier Leagues femininas e sete FA Cups.

Phillip, que foi o único jogador a representar a Inglaterra em duas seleções da Copa do Mundo até 2011, foi convocado pela primeira vez em 1995, aos 18 anos, após apenas dois treinos com a equipe.

Phillip, que agora é gerente da equipe masculina da Kent County League em Peckham Town, fala com a Sky Sports News como parte do Liderando as leoas Série antes do Euro deste verão.

“Nascido e criado em Peckham”

“Eu cresci em Peckham e fiz tudo em Peckham. Nasci e cresci em Peckham.

“Dali para a minha escola primária, onde tivemos a oportunidade de jogar futebol só para meninas quando os meninos não nos deixavam jogar. Foi fantástico e só cresceu e cresceu a partir daí.”

Phillip em “surpresa” na primeira partida pela Inglaterra

Mary Phillip com a Inglaterra

“Recebi uma carta da FA dizendo que fui incluído na seleção da Inglaterra para a próxima Copa do Mundo. E foi uma surpresa porque eu só tinha participado de alguns treinos e agora vou para uma Copa do Mundo.

“Só sair com os jogadores que estavam lá foi incrível e ver as demandas que são necessárias, os padrões necessários para impulsionar e desenvolver esse elenco, tem sido uma ótima experiência”.

‘Honra’ ser o primeiro capitão negro da Inglaterra

“Faz apenas alguns anos que descobri que me tornei a primeira capitã negra, anos depois de realmente receber a capitania, e é uma grande honra manter isso.

“É algo que sempre fica na história. E muito depois que eu me for, meus tataranetos poderão ver isso quando olharem para o futebol feminino e disserem: ‘Ei Mary Phillip, esta é minha avó e ela se tornou a primeira capitã negra da Inglaterra’.

“Então você pode sair [as captain]para entregar as mensagens e ser capaz de liderar e elevar a equipe e nos levar adiante. Você sabe, é uma ótima experiência para se ter.”

Phillip sobre seu estilo de liderança

Mary Phillip fala à Sky Sports News

“Faça o que puder, não tente fazer o impossível. Se houver uma oportunidade de jogar pela primeira vez, jogue pela primeira vez, não torne isso difícil para si mesmo.

“E eu gosto de pensar que é assim que eu representei as coisas quando joguei. Leve as coisas com calma e não tente fazer o impossível.”

O papel do capitão da Inglaterra mudou?

“Sua capitania é pessoal para você e quem você é como pessoa. Então é algo que te coloca lá fora e o que você quer para sua equipe.

“Eu não acho que o papel em si mudou porque o papel de capitão é o papel de capitão. É apenas a pessoa que é o capitão no momento como eles fazem isso e como eles reúnem a equipe ao seu redor para garantir que a equipe dê o melhor desempenho possível.

“O time da Inglaterra moderna seria um bom capitão. Mas não vejo como seria diferente quando eu era a capitã da equipe, porque tenho certeza de que todas as meninas têm a mesma motivação e espírito lá fora, jogam, plataforma e obtêm um resultado.

“E desde que todos vocês queiram isso e busquem a mesma coisa, acho que os resultados e a atmosfera seriam todos os mesmos”.

O conselho de Phillip para Leah Williamson

“Apenas seja o jogador que você é, isso é tudo que você pode fazer!”

Leah Williamson, da Inglaterra, durante uma sessão de treinamento no St George's Park, Burton-upon-Trent.  Data da foto: terça-feira, 31 de maio de 2022.
Foto:
Leah Williamson vai capitanear a Inglaterra fora da Euro pela primeira vez em um grande torneio

Acompanhe o Euro 2022 na Sky Sports

Mantenha-se atualizado sobre o Euro 2022 neste verão via Sky Sports e Sky Sports News.

A cobertura será moderada pela apresentadora da Sky Sports WSL, Caroline Barker, ao lado de Jessica Creighton e Kyle Walker. Enquanto isso, Karen Carney, Sue Smith, Courtney Sweetman-Kirk e Laura Bassett fornecerão análises ao longo do torneio.

A eles também se juntaram a veterana goleira da Inglaterra Karen Bardsley e a defensora do Manchester City Esme Morgan.

Os especialistas e apresentadores trabalharão a partir do ônibus de apresentação móvel da Sky Sports Women’s Euro 2022, que seguirá a equipe da Sky Sports News em todo o país até os vários estádios onde serão disputadas as partidas.

Além disso, o Essential Football Podcast da Sky Sports será renomeado para Sky Sports Women’s Euros Podcast para o torneio a partir de 21 de junho. Apresentado por Charlotte Marsh e Anton Toloui, apresentará notícias exclusivas e entrevistas com jogadores, além de uma programação forte em torno do torneio.

Euro 2022: Os Grupos…

Grupo A: Inglaterra, Áustria, Noruega, Irlanda do Norte

Grupo B: Alemanha, Dinamarca, Espanha, Finlândia

Grupo C: Holanda, Suécia, Portugal, Suíça

Grupo D: França, Itália, Bélgica, Islândia

Euro 2022: o calendário…

fase de grupos

quarta-feira, 6 de julho

Grupo A: Inglaterra x Áustria – início às 20h, Old Trafford

quinta-feira, 7 de julho

Grupo A: Noruega x Irlanda do Norte – início às 20h, St Mary’s

Sexta-feira, 8 de julho

Grupo B: Espanha x Finlândia – início às 17h, Stadion MK

Grupo B: Alemanha x Dinamarca – início às 20h, London Community Stadium

sábado, 9 de julho

Grupo C: Portugal x Suíça – início às 17h, Leigh Sports Village

Grupo C: Holanda x Suécia – início às 20h, Bramall Lane

domingo 10 de julho

Grupo D: Bélgica x Islândia – início às 17h, Manchester City Academy Stadium

Grupo D: França x Itália – início às 20h, New York Stadium

segunda-feira, 11 de julho

Grupo A: Áustria x Irlanda do Norte – início às 17h, St Mary’s

Grupo A: Inglaterra x Noruega – início às 20h, Brighton and Hove Community Stadium

terça-feira, 12 de julho

Grupo B: Dinamarca x Finlândia – início às 17h, Stadion MK

Grupo B: Alemanha x Espanha – início às 20h, London Community Stadium

Quarta-feira, 13 de julho

Grupo C: Suécia x Suíça – início às 17h, Bramall Lane

Grupo C: Holanda x Portugal – início às 20h, Leigh Sports Village

quinta-feira, 14 de julho

Grupo D: Itália x Islândia – início às 17h, Manchester City Academy Stadium

Grupo D: França x Bélgica – início às 20h, New York Stadium

sexta-feira, 15 de julho

Grupo A: Irlanda do Norte x Inglaterra – início às 20h, St Mary’s

Grupo A: Áustria x Noruega – início às 20h, Brighton and Hove Community Stadium

Sábado 16 de julho

Grupo B: Finlândia x Alemanha – início às 20h, Stadion MK

Grupo B: Dinamarca x Espanha – início às 20h, London Community Stadium

domingo 17 de julho

Grupo C: Suíça x Holanda – início às 17h, Bramall Lane

Grupo C: Suécia x Portugal – início às 17h, Leigh Sports Village

segunda-feira, 18 de julho

Grupo D: Islândia x França – início às 20h, New York Stadium

Grupo D: Itália x Bélgica – início às 20h, Manchester City Academy Stadium

fase eliminatória

quartas de final

Quarta-feira, 20 de julho

Quartas de final 1: Vencedores Grupo A – Vice-campeão Grupo B – Início às 20h, Brighton and Hove Community Stadium

quinta-feira, 21 de julho

Quartas de final 2: Vencedores do Grupo B – Vice-campeão do Grupo A – Início às 20h, London Community Stadium

Sexta-feira, 22 de julho

Quartas de final 3: Vencedores do Grupo C – Vice-campeão do Grupo D – Início às 20h, Leigh Sports Village

Quartas de final 4: Vencedores Grupo D – Vice-campeões Grupo C – Início às 20h, New York Stadium

semifinais

terça-feira, 26 de julho

Semifinal 1: vencedor das quartas de final 1 vs. vencedor das quartas de final 3 – início às 20h, Bramall Lane

Quarta-feira, 27 de julho

Semifinal 2: vencedor das quartas de final 2 – vencedor das quartas de final 4 – início às 20h, Estádio MK

final

domingo 31 de julho

Vencedor Semifinal 1 – Vencedor Semifinal 2 – Início às 17h, Wembley

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.