Notícias de Esportes | Márquez e Espargaró ajudam Honda a somar mais pontos em Portugal

Portimão [Portugal], 24 de abril (ANI): Dois acabamentos seguros para a equipe Honda no Grande Prêmio de Portugal renderam pontos sólidos, com Marc Márquez e Pol Espargaró cruzando a meta em sexto e nono, respectivamente, diminuindo a diferença para a liderança do campeonato. talvez a sessão mais importante do fim-de-semana, o warm up no seco, a primeira oportunidade real para a Repsol Honda Team recolher bons dados depois de dois dias chuvosos no seco. Tanto Marc Márquez como Pol Espargaró passaram toda a sessão em pista para maximizar a informação obtida. Em uma volta tardia, Márquez terminou a manhã em terceiro lugar, com Espargaró mais abaixo na tabela de tempos em 14º. Marc Márquez conseguiu um GP confiante em Portimão, cruzando a linha de chegada em sexto lugar depois de uma batalha renhida com o piloto da LCR Honda, Alex Márquez, que viu a dupla lutar até a linha de chegada. Partindo do nono lugar, Márquez manteve sua posição dentro do grupo enquanto o pelotão passava pelo estreito setor inicial da pista. O oitavo campeão mundial, que ficou em décimo no final da primeira volta, fez progressos constantes nas voltas seguintes, ultrapassando seu companheiro de equipe a 19 voltas do final após uma batalha curta, mas intensa. Se à frente, Márquez subiu duas posições antes de finalmente lutar contra Alex Márquez pelo sexto lugar, com a luta da dupla indo até o fim.

Após a corrida, Márquez segue para Jerez com 31 pontos em 11º na classificação do Campeonato do Mundo – agora 38 pontos atrás do novo líder e vencedor do Campeonato do Mundo Fabio Quartararo.

Leia também | Copa do Mundo de Tiro com Arco 2022: Tarundeep Rai-Ridhi Clinch, da Índia, conquistou o ouro da equipe mista ao derrotar a Grã-Bretanha na final.

Foi mais uma largada relâmpago para Pol Espargaró quando as luzes se apagaram e o #44 ganhou alguns lugares com a Honda RC213V acelerando. Entre os dez primeiros, Espargaró teve uma corrida defensiva ao lutar contra Martin e Binder. Tal como o seu companheiro de equipa, Espargaró soube aproveitar as quedas e subiu dois lugares nas últimas voltas da prova. Numa luta renhida com Francesco Bagnaia na última volta, Espargaró falhou o oitavo lugar por apenas 0,258 segundos.

Embora o resultado não tenha sido o que Espargaró esperava, ele perde apenas um ponto para os líderes do campeonato e está na 12ª posição geral com 30 pontos.

Leia também | Iga Swiatek derrota Aryna Sabalenka e conquista o título do Stuttgart Open 2022.

A equipa Honda vai agora direto para Jerez de la Frontera para a sexta jornada do Campeonato do Mundo de Moto GP. Melhorar os resultados de ambos os lados da garagem da Repsol Honda Team é o único objetivo para o fim de semana.

“Não é o resultado que queremos ou que queremos lutar, mas hoje não estávamos com vontade. Já no warm-up não senti vontade e fizemos uma pequena mudança para a corrida, mas ajudou um pouco. A velocidade dos nossos competidores era maior que a nossa. Chegamos lá no início da corrida lutados com Pol e depois no segundo tempo com Alex, foi realmente uma batalha toda Honda. Nessa luta conseguimos passar no topo, o que foi positivo, mas é verdade que não devíamos estar aqui. Temos que ser mais rápidos, em Jerez é hora de sermos mais rápidos e nos aproximarmos da frente”, disse o piloto da Honda Marc Márquez depois de terminar em sexto no Moto GP de Portugal.

“Não estamos contentes com o desenrolar da corrida, não tivemos velocidade hoje. É hora de entender mais sobre por que essa situação está acontecendo porque fomos fortes na pré-temporada. Jerez é um bom lugar para reverter esta situação e estou feliz por podermos ir para lá imediatamente para continuar a trabalhar. Já existem algumas ideias para mudar a situação em Jerez, por isso espero que o tempo esteja bom lá. Temos que continuar trabalhando, temos que trabalhar mais do que nossos rivais para superar esses problemas. Felizmente temos grandes engenheiros no Japão e uma grande equipa aqui na pista para trabalhar,” disse o piloto da Honda depois de terminar em nono no GP de Portugal de Moto. (ANI)

(Esta é uma história não editada e gerada automaticamente a partir do feed Syndicated News, a equipe do LatestLY pode não ter modificado ou editado o conteúdo.)

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.